Ex-presidente do Botafogo detona Gabriel, volante do Internacional

Ex-presidente do Botafogo revelou situação que passou com o volante Gabriel em 2014. Na época, o atleta estava no Alvinegro e interessado em sair do clube, porém havia uma cobrança do atleta por salários atrasados e a situação não foi resolvida.

“Eu pedia ele, eu falei ‘Gabriel, eu não tenho condições de te pagar, não tenho um centavo, estou com todas as contas bloqueadas, agora, não vou criar nenhuma dificuldade para você sair do Botafogo. Só não faça dessa forma, de colocar na Justiça”, disse o presidente Carlos Eduardo Pereira, em entrevista ao Charla Podcast.

“Não enfia a faca agora que eu estou rendido, eu assino qualquer compromisso com você e seu empresário. Eu vou sair dessa situação, não faz isso agora’. Saíram e fizeram”, revelou o antigo mandatário do Botafogo.

Logo depois da passagem pelo Alvinegro, Gabriel jogou por Palmeiras e Corinthians. O atleta foi transferido ao Internacional no início do ano e ganhou posição de destaque na equipe, sendo considerado um dos maiores líderes do elenco.

O jogador de 29 anos assumiu a titularidade no time de Cacique Medina e passou a ser uma das peças favoritas do treinador no elenco. O comandante pedia por um atleta com intensidade e Gabriel chegou para suprir a necessidade.

Gabriel fala sobre o desempenho do Internacional contra o Grêmio

Gabriel concedeu entrevista ao Globo Esporte e falou sobre a atuação do Internacional contra o Grêmio. O jogador fez uma análise sobre o resultado e afirmou que o Colorado acabou se encaixando na partida.

“As ideias de jogo se encaixaram. Fizemos um grande jogo. Muito feliz pela vitória, pelo apoio do torcedor, a energia do estádio estava bem positiva e tudo levou à vitória”, comentou o volante.

Comentários do Facebook

- Publicidade -