Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Ex-presidente do Santos chamou ídolo do Inter de “pangaré”

Um antigo presidente do Santos acabou surpreendendo bastante ao chamar um ex-jogador do Inter de “pangaré” para todo o país ver. Relembre a história inusitada da vez em que um dirigente da equipe do litoral paulista acabou opinando de forma incisiva em relação a um jogador que foi para lá diretamente depois de deixar o Beira-Rio, onde vestia vermelho.

Depois de ter ajudado o Clube do Povo na conquista da Copa Libertadores da América, Leandro Damião aproveitou um bom tempo de prestígio no cenário nacional, em 2014, sendo vendido ao Santos por uma bolada milionária. Na época, foram R$ 42 milhões investidos pelo Alvinegro Praiano para fazer a contratação do centroavante, surpreendendo bastante.

No entanto, parece que o negócio passou longe de agradar aquele que era o presidente da equipe na época. Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro não participou da negociação pois estava afastado do cargo, tratando problemas de saúde. Mesmo assim, depois de algum tempo, deu uma entrevista coletiva detonando a contratação do centroavante do Inter.

Ex-presidente do Santos detonou ídolo do Inter

Para começar, criticou o valor pago pelo atleta, que já não estaria em boa fase. “Um centroavante que não faz gol, pula a 10 centímetros do solo, não ganha essa coisa toda. Começou bem no Inter, no ano seguinte ficou mais tempo na enfermaria do que em campo e ano passado era banco. Você comprar um jogador desse por R$ 42 milhões não faz sentido”, declarou.

Depois disso, o dirigente chegou até mesmo a chamar o investimento em Damião em uma “aposta em pangaré”, remetendo a corridas de cavalos. “A ideia do fundo maltês era colocá-lo em uma vitrine como o Santos, um dos poucos com prestígio internacional. Mas é você apostar em um pangaré, não vai ganhar um prêmio nunca. Se ganhar, ganha uma fortuna. Que é esquisito, é”, disse.