Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Ex-técnico do Inter ofendeu mãe de jornalista

Um ex-treinador do Internacional acabou perdendo a cabeça e ofendendo a mãe de um jornalista, conforme contou o próprio ofendido recentemente. O canal Comendo a Bola, no Youtube, acaba trazendo diversos conteúdos sobre o dia a dia de quem cobriu times de futebol, trazendo, recentemente, uma história complicada envolvendo o Clube do Povo.

Durante participação no programa, o jornalista Sérgio Couto acabou revelando uma situação complicada em que teve com um antigo técnico do Inter no momento em que ele estava no time. Jorge Fossati estava dando uma entrevista para o repórter e se irritado, algo que teria sido comentado pelo jornalista, gerando ainda mais incômodo por parte do treinador.

Com isso, Fossati acabou proferindo xingamentos para a mãe do repórter ao vivo, o que o incomodou bastante. A discussão quase chegou nas vias de fato e isso só foi evitado por conta de seguranças, que acabaram segurando as partes e levando o treinador de volta ao vestiário.

Técnico foi demito em momento decisivo do Inter

Em 2010, a saída do técnico acabou sendo bastante polêmica, tendo em vista que ele acabou deixando o Internacional na semifinal da Copa Libertadores da América, competição que era prioridade do time e que acabou com o título colorado no final, mas com Celso Roth no comando.

Jorge Fossati deu uma entrevista coletiva depois da saída para esclarecer o que aconteceu. “Acho que pelos resultados não pode ser. Foi passado para mim que a prioridade era a Libertadores e hoje estamos na semifinal, ou seja, o objetivo foi atingido. No Estadual, fomos o melhor time brasileiro entre os que estavam na Libertadores”, afirmou o treinador.

“Se a gente conseguiu entrosar um time uruguaio, argentino, paraguaio, equatoriano, sem falar de um time do Catar, como a gente não vai conseguir entrosar um time brasileiro? Agora, tudo necessita de tempo. Posso ter sido mal interpretado, mas não acho que tenha muito a ver com a questão cultural”, completou na época.