Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Família de jogador do Corinthians suspeito de racismo está revoltada

O possível ato de racismo por parte de Rafael Ramos, jogador do Corinthians, segue repercutindo. Mais recentemente, foi a vez dos familiares do lateral-direito português se pronunciarem sobre o caso. Ao que tudo indica, a família, assim como o elenco corintiano, confia nas palavras dele.

Segundo apuração do Lance!, os parentes do lateral estão indignados com a acusação de injúria racial sofrida pelo jogador. De acordo com o que foi divulgado, um dos familiares declarou que seria o primeiro a vir ao Brasil para puni-lo. Isso por confiar na educação recebida pelo atleta e ter a certeza dele não ter sido racista na ocasião.

No momento, o caso está sob investigação na justiça comum e na esportiva. Suposta vítima, Edenilson segue afirmando que sofreu crime de injúria racial por parte do português. Ramos, por sua vez, nega que tenha sido racista e tenta provar a sua versão.

Na esfera esportiva, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) abriu inquérito para investigar o caso. O resultado sairá em até 30 dias. Caso seja provado o crime de racismo, tanto Rafael quanto o Corinthians serão punidos.

Jogador do Corinthians convenceu o grupo de sua inocência

De acordo com informação divulgada pelo repórter Vitor Guedes, Ramos foi questionado por lideranças do time paulista – não só pelos atletas negros. Ao apresentar a sua versão do caso, o lateral se manteve firme e convicto nas respostas, o que convenceu os companheiros de sua inocência.

Ainda conforme o jornalista, nos bastidores do time do Parque São Jorge é tida como plausível a alegação de que o sotaque português do jogador teria causado um mal entendido.

O Corinthians não desconsidera a acusação feita por Edenilson, mas age com cautela e também ouve a versão de Ramos.