Fim a invencibilidade: Inter de Mano Menezes agora sabe o que é perder

Até a semana passada, o Internacional detinha uma das maiores invencibilidades do século. Ao todo eram 16 jogos sem perder, igualando alguns times históricos do Internacional. Porém, como tudo que é bom, a sequência positiva chegou ao fim.

O Inter perdeu para o Botafogo, no último final de semana, representando também a primeira derrota de Mano Menezes no comando do Colorado. A partida foi recheada de polêmicas, tendo reclamações de arbitragem por parte dos dois times, porém, no final, quem se saiu melhor no placar foi o alvinegro carioca.

A partida representou a queda de marcas impressionantes do elenco colorado. Mano Menezes era o técnico que ficou mais tempo sem perder em início de trabalho desde 2001, exemplificando a importância dos resultados. Eram 14 jogos sob o comando do técnico, com sete vitórias e sete empates. Agora, 15 partidas, com uma derrota adicionada aos dados.

Inter vinha de 16 jogos sem perder

A derrota do final de semana parou uma sequência que tinha tudo para ser histórica. A marca igualou o Inter multicampeão de 2006, comandado por Abel Braga, que, tinha 16 partidas de invencibilidade, sem contar o gaúchão. No total, o time de Abel conseguiu 27 jogos de invencibilidade, sendo a maior de toda a história recente do time, incluindo o estadual.

A última derrota do colorado tinha sido na estreia do Campeonato Brasileiro, quando enfrentou o Atlético-MG, atual campeão. Desde então foram 8 vitórias e 8 empates, além da derrota no último jogo. Mano Menezes só comandou o time nos últimos 14 jogos.

Em relação ao tempo invicto, o torcedor do Inter já estava há mais de dois meses sem saber o que era uma derrota. O Colorado agora ocupa a quinta colocação na competição nacional, com 21 pontos conquistados.

Comentários do Facebook

- Publicidade -