Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Fim do ciclo nos trabalhos de Eduardo Coudet no Inter

Após o término da temporada, a direção do Internacional começou a definir diversas questões ligadas ao departamento de futebol. O clube, dirigido pelo presidente Alessandro Barcellos, precisa acertar as permanências e saídas para a próxima temporada. Além disso, existe uma procura forte no mercado para trazer cerca de seis reforços.

Em meio ao momento de indefinição nos bastidores, o técnico Eduardo Coudet encerrou o ciclo de trabalhos no Colorado. Isso porque o treinador cumpriu o contrato que estava acertado até o final da temporada. Desta forma, mesmo que esteja atento aos bastidores no Beira-Rio, ele foi liberado para curtir as férias com a família.

Apesar da permanência encaminhada, o treinador argentino ainda deve sentar para debater o futuro com a direção do Internacional. A tendência ele permaneça em Porto Alegre por pelo menos mais uma temporada. Chacho, inclusive, já trabalha diretamente com o departamento de futebol para definir as possíveis contratações na janela de transferências.

Ao lado do departamento de futebol, Coudet bateu o martelo sobre a postura do Colorado no mercado. As partes definiram que o Internacional precisa de seis reforços: um zagueiro, um lateral-esquerdo, um volante, um meia-atacante e dois atacantes. É importante ressaltar que a situação pode mudar conforme as oportunidades forem aparecendo.

Eduardo Coudet pode perder dois destaques

O Internacional segue trabalhando para definir as possíveis contratações na janela de transferências. Além disso, o clube pretende acertar as permanências de alguns jogadores que estão em fim de contrato no Beira-Rio. As prioridades são o zagueiro Vitão e o meia-atacante Alan Patrick – ambos sofreram sondagens nos últimos dias.

O vínculo do defensor chega ao fim no final de junho, então, a partir de janeiro, ele estará disponível para assinar com qualquer equipe. O clube está otimista para acertar a renovação. Alan Patrick, por sua vez, tem acordo até 2025, porém a multa ficou definida em um valor baixo. Desta forma, o clube precisa de um novo contrato com o meia.