Flamengo ficou com medo do Inter e se apressou

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional e o Flamengo, ambos com uma temporada bem contestável pelos seus torcedores, estavam no mercado em busca de um novo treinador. O Inter conseguiu fechar com Cacique Medina. O time carioca está perto de fechar com Paulo Sousa.

Porém, antes do Inter fechar com Medina, o clube gaúcho tinha interesse em Paulo. Segundo o jornalista da Globo, Paulo Vinícius Coelho, o PVC, o Flamengo correu contra o tempo para evitar tomar um chapéu do Colorado.

“A avaliação premonitória explodiu no fim de semana, como a divulgação da informação de que a direção colorada viajaria para Portugal para fechar com Paulo Sousa. Entre o sim de Jorge Jesus, dado na terça-feira à noite a Marcos Braz, a crise com o Benfica e a chance de o rubro-negro ficar sem um nem outro, o presidente Rodolfo Landim avalizou a busca definitiva por Paulo Sousa”

- Publicidade -

O plano A do Flamengo era Jorge Jesus, que inclusive anunciou a saída do Benfica nesta terça-feira, porém, diante da indecisão de voltar ou não ao Rio, a diretoria do time carioca ficou com medo de perder Paulo Sousa para o Inter.

O jornalista aproveitou para explicar a desistência do Inter em Paulo Sousa.

- Publicidade -

“Paulo Bracks viajaria para Portugal. O Inter retrocedeu. Entendeu que o Flamengo havia desistido de Jorge Jesus e investia em Sousa. Perderia o eventual leilão e temia também o ruído com a federação polonesa, para pagamento da multa de rescisão do treinador português”

Comentários do Facebook

- Publicidade -