Fortaleza aplica goleada histórica sobre Internacional

0

Na maior derrota da história do confronto, o Internacional foi goleado por 5 a 1 para o Fortaleza na tarde deste domingo(6), na Arena Castelão, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Leão foram marcados por Titi, Robson, Pikachu, Zé Gabriel (contra) e Wellington Paulista. Praxedes descontou para o Colorado.

O Clube do Povo agora volta sua atenções para a Copa do Brasil. Na quinta-feira (10), enfrenta novamente o Vitória, desta vez no Beira-Rio, pela terceira fase da competição. Na partida de ida, vitória colorada por 1 a 0. Depois, viaja novamente para o Nordeste para jogar contra o Bahia no domingo (13), dando continuidade no Brasileirão.

Foto: Reprodução Twitter/Brasileirão

Melhores momentos de Fortaleza x Inter pelo Brasileirão

Muito apático, o Inter era envolvido facilmente pelo Fortaleza. A pressão aplicada pela marcação alta do técnico Juan Pablo Vojvoda funcionou e o Leão dominava em posse e finalizações. Tanto que logo chegou ao seu merecido gol.

Aos 16′, Lucas Crispim cobrou falta e Lomba foi buscar no ângulo. No rebote, Titi, sozinho na pequena área, mandou para o fundo das redes. Depois de alguns minutos revendo o lance, a arbitragem confirmou o gol.

Ruim com 11, pior com 10. Aos 43′, Pedro Henrique levantou demais o pé na dividida e atingiu o pescoço de Robson. Expulsão confirmada pelo árbitro. Na cobrança da falta, mais uma falha da defesa colorada e o próprio Robson subiu sozinho para ampliar o placar.

A segunda etapa foi ainda pior para o Colorado. As únicas coisas produtivas que criou foram a finalização de Edenilson, a primeira do time passados quase 60 minutos de bola rolando, e o gol de Bruno Praxedes aos 16′.

De resto, um verdadeiro passeio dos comandados de Vojvoda. Logo no minuto inicial, após cobrança de lateral, Moisés errou e deixou Pikachu livre para mandar um balaço. Oito minutos depois, o lance que melhor simbolizou a derrota. Robson cruzou rasteiro e Zé Gabriel, ao tentar cortar, fez contra. Aos 40′, Wellington Paulista fechou o caixão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.