Nova história no Corinthians deixa Gabriel mais longe do Internacional

Mudança de treinador no Corinthians pode influenciar na negociação entre Gabriel e Internacional. Após derrota para o Santos, na noite desta quarta-feira (3), por 2 a 1, o contestado técnico Sylvinho foi demitido. Com isso, o volante pode optar por permanecer no Alvinegro paulista e tentar nova chance no clube.

É natural que o jogador queira esperar pela chegada de um novo comandante para definir o seu futuro. O treinador que está por vir pode gostar do estilo de jogo do atleta, o que faria com que ele permanecesse. Escolha que seria contrária ao que pensava Sylvinho, que preferia outras opções para fazer a função.

Isso atrapalha os planos do Colorado, que está em negociações avançadas com o volante. A proposta feita pela diretoria seria de R$ 300 mil mensais, por um vínculo de três temporadas.

De saída do Corinthians, Gabriel tinha aceitado reduzir o salário para jogar no Internacional

Para vestir a camisa vermelha nesta temporada, o meio-campista havia topado reduzir o salário. No Timão, ele recebe um alto valor por mês, R$ 500 mil.

Esse valor é inviável para o padrão atual do Colorado, o que, a princípio, seria um obstáculo na negociação. Assim sendo, a diretoria fez uma oferta de salário de R$ 300 mil, que, mesmo inferior ao que recebe hoje, foi vista com bons olhos pelo atleta.

Como estava sem espaço no time de Sylvinho, ele cogitou reduzir os ganhos mensais para ter uma oportunidade de atuar com maior frequência nesta temporada. Se o negócio fosse fechado, muito provavelmente o meio-campo chegaria ao Beira-Rio para assumir a titularidade.

O volante de 29 anos seria o jogador que Cacique Medina pediu para o meio, e que a diretoria tanto busca no mercado desde o fim do ano passado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -