Gabriel joga a primeira como titular e ganha moral no Inter

O volante Gabriel fez a primeira partida como titular com a camisa do Inter. Ele havia estreado na sexta rodada contra o Caxias, mas entrou no decorrer do jogo. Nesta quarta-feira (16), contra o Brasil de Pelotas, o meio-campista ganhou uma oportunidade de começar jogando. A atuação dele foi elogiada pelo treinador em coletiva após o empate.

“Gabriel é um jogador muito intenso. Que se associa, que tem dinâmica. Acreditamos muito nele para jogar da maneira que queremos. Marca muito. Porém dinâmico, veloz, rápido, para ter um futebol mais rápido. Hoje ele teve o primeiro jogo no ano. Teve uma boa forma, cortou muitos valores, pressionou, encontrou passes entre linhas, disse Medina.

O camisa 23 teve uma boa atuação no empate em 1 a 1 contra o Xavante. No momento defensivo, mostrou as suas principais características, protegendo a zaga e marcando com intensidade. Porém, não se limitou a isso, se saiu bem quando foi opção no ataque.

Fazendo dupla com Johnny, ele acabou potencializando o futebol do jovem, que também ganhou chance como titular.

Com Gabriel e Johnny, Inter ficou menos travado

A maior dúvida para a partida era com relação a dupla de volantes. Nas prévias, o ex-Corinthians era tido como possível titular, porém não havia certeza de quem jogaria ao lado dele. Acabou que o camisa 30 foi o escolhido.

Ambos deram mais fluidez ao time que tinha demonstrado dificuldades em rodadas anteriores. Fizeram boas apresentações e não tiveram problemas em seus setores.

Novamente, os obstáculos do próprio Colorado foram a falta de criatividade e as falhas defensivas. A equipe encontra dificuldades em furar as defesas adversárias e sofre com os contra-ataques pelos lados do campo, desta vez foi a ala esquerda o problema.

Comentários do Facebook

- Publicidade -