Giuliano e Edinho: campeões e cancelados no Internacional

0

Giuliano e Edinho foram campeões pelo Internacional, o primeiro ganhou a Libertadores 2010 e o segundo havia sido pioneiro em 2006. Eles também possuem outra coisa em comum: foram cancelados pela torcida colorada.

Além disso, também defenderam o Grêmio, mesmo com passado vestindo a camisa vermelha e branca. Tudo bem, os jogadores de futebol possuem liberdade para decidirem seus futuros. Ronaldinho Gaúcho, em 2011, fez o rival instalar caixas de som para anunciá-lo e acabou acertando com o Flamengo.

Edinho chegou a dizer que o time que ele jogava, na época de Grêmio, era melhor do que o Internacional campeão mundial em 2006. Essa declaração foi dada em 2016, veja o que ele disse:

“Muitos falam que nosso grupo não é tão qualificado, que não estamos preparados para essa Libertadores. No meu modo de ver, a equipe é muito forte, trabalha muito. Particularmente, fui campeão de uma Libertadores em uma equipe muito inferior a esta que nós temos. Acho que estamos no caminho certo”, comentou.

Giuliano não chegou a dar nenhuma grande declaração enquanto atuava pelo Grêmio. Ele segue os dois clubes no Instagram e sempre respeitou o Inter. Acontece que o convite de Taison deixou os torcedores empolgados. Muitas acharam que ele toparia voltar para o clube onde mais fez sucesso, mas não veio.

Foto Alexandre Lops

Giuliano e Edinho estão queimados com os torcedores

Giuliano marcou gols decisivos e sem eles o Inter não seria bicampeão da Libertadores. Edinho foi capitão no título da Sul-Americana 2008. O caminhou levou a dupla para longe do Beira-Rio e hoje estão cancelados pelo colorados.

Com contrato acertado com o Corinthians. O jornalista Cosme Rimoli informou que o salário é cerca de R$ 800 mil, o mesmo que ganha Luan. No Inter a proposta era de R$ 650 e voltar para casa. Ele não quis.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.