Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Globo bate o martelo e decide “homenagear” possível comprador do Inter

A Rede Globo anunciou que vai reprisar a novela O Rei do Gado (1996). A notícia gerou surpresa na mídia, já que a trama havia passado no Vale a Pena Ver de Novo em 2015. A escolha se deu pelo sucesso na última reprise e a virada de chave da emissora no horário.

A trama conta a história do romance entre o dono de terras Bruno Mezenga (interpretado por Antonio Fagundes) e a boia-fria Luana (Patricia Pillar). Ambos são descendentes de duas famílias rivais de imigrantes italianos, os Mezenga e os Berdinazi.

De fato, a novela não tem nada a ver com Elumar Maggi, que é um dos empresários de maior sucesso no Brasil. Dono de 100 mil cabeças de gado, o bilionário é torcedor do Internacional e pode realizar investimentos no clube nos próximos anos. Entretanto, a exibição da trama é uma espécie homenagem ao agronegócio e agropecuária, ramos de atuação da empresa do ricaço.

O empresário é cotado para comprar o Clube do Povo caso vire SAF no futuro, “O Rei do Gado colorado” é de família gaúcha e mora no Mato Grosso. Para isso, é preciso que o estatuto do Internacional seja alterado para que alguém possa comprar. A direção está estudando a possibilidade nos bastidores.

Inter pode virar SAF?

O Internacional fará um encontro para debater alguns detalhes sobre o futebol, incluindo a possibilidade de virar SAF. O clube está trabalhando nos bastidores para que uma reunião com conselheiros e especialistas na área ocorra até o final de outubro.

A SAF é enxergada como uma alternativa viável para se livrar das dívidas e começar a ter um investimento milionário. No Beira-Rio, o Internacional mantém cautela e ainda não fez nenhuma grande movimentação para contar com o modelo.

O clube tem o entendimento de que a SAF pode ser benéfica no futuro, mas ainda não pensa na possibilidade para a próxima temporada. Além disso, a questão burocrática do estatuto não permite que a mudança seja realizada repentinamente.