Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Goleiro milagreiro Ochoa está livre no mercado e poderia vir pro Inter de graça

Uma das maiores estrelas da Seleção Mexicana na disputa das últimas Copas do Mundo poderia pintar no Internacional de graça para 2023. O Clube do Povo procura um goleiro, com a saída iminente de Daniel do time, já que a relação dele com a torcida está desgastada. Com isso, se espera que o time vá atrás de um goleiro que seja reserva para Keiller.

No entanto, o arqueiro titular também vem chamando a atenção de times brasileiros e o Vasco da Gama estaria indo forte por sua contratação, fazendo ofertas milionárias de acordo com alguns jornalistas. Com isso, surgiria uma vaga de titular que poderia ser ocupada por um atleta histórico de Copa do Mundo, caso o Inter ache interessante.

Guillermo Ochoa atualmente defende o América, do México, onde iniciou a carreira. Porém, é pela Seleção na Copa do Mundo que o goleiro se destaca e não é desse ano. Com um contrato acabando no final desta temporada, ele poderia interessar ao Inter, que quer fazer contratações sem muitos custos.

Além disso, o salário do jogador gira em torno de R$ 300 mil mensais, dentro da realidade colorada e algo plausível pelo seu grande destaque. Ochoa estreou pela Copa do Catar nesta semana e foi um dos craques da partida, tendo defendido pênalti de um dos melhores do mundo, Lewandowski. Além disso, em 2014 foi um monstro contra o Brasil, garantindo o 0x0 na primeira fase.

Ochoa bateu marca impressionante na Copa do Mundo

O grande goleiro vem acumulando marcas impressionantes defendendo as cores da Seleção Mexicana. Na última terça-feira (22), Ochoa foi titular na partida de sua seleção contra a Polônia e marcou presença em seu quinto mundial seguido.

O histórico arqueiro tornou-se o sexto jogador a atingir a marca e se juntou aos também mexicanos Antonio Carbajal (1950-1966) e Rafael Márquez (2002-18), o alemão Lothar Matthäus (1982-98), o italiano Gianluigi Buffon (1998-2014) e o argentino Lionel Messi (2006-2022). O português Cristiano Ronaldo também atingirá a marca nesta semana.