Goleiro rejeitado pelo Inter salva o Corinthians no Brasileirão

Na noite deste domingo, o Corinthians foi até Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG. Em uma partida muito movimentada, o Timão venceu por 2 x 1, de virada e se manteve na briga pela liderança do Brasileirão. Além de uma atuação brilhante de Fábio Santos, um dos destaques do time alvinegro foi Carlos Miguel, goleiro descartado pelo Inter no início da temporada.

O início da partida aparentou que o goleiro do Timão sentiria o peso de substituir Cássio. Logo aos oito minutos, Keno finalizou com maestria e achou o ângulo esquerdo do arqueiro do time paulista.

Contudo, Carlos Miguel resolveu se tornar um dos protagonistas da partida e impediu o clube mineiro de ampliar o marcador. Com ótimas defesas, o substituto de Cássio liderou às ações defensivas do time de Vitor Pereira e se tornou um dos grandes nomes da vitória corintiana.

Carlos Miguel não foi considerado útil para o Inter

Depois de uma temporada de destaque no Boa Esporte, o goleiro de 2,04 metros de altura regressou ao Inter e treinou no CT Parque Gigante em algumas ocasiões. Contudo, a comissão de Alexander Medina, junto a Daniel Pavan decidiram não aproveitar o arqueiro, que fechou com o Corinthians.

Atualmente, Carlos Miguel é o preferido de Vitor Pereira para substituir Cássio. Depois da atuação em Belo Horizonte, o goleiro caiu de vez nas graças da fiel torcida e foi ovacionado pelos colegas.

Comentários do Facebook

- Publicidade -