Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Governo Federal encontra falcatruas em projeto social de ídolo do Grêmio

O ex-jogador de futebol Leo Moura, que teve passagem recente pelo Grêmio, está sendo investigado por falcatruas em projeto social. Isso porque uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) encontrou material esportivo superfaturado, infraestrutura corroída e problemas de comprovação de serviços no projeto do lateral.

Entre junho de 2020 e abril de 2022, o Instituto Leo Moura Sports (ILM) – uma organização não governamental (ONG) – recebeu aproximadamente R$ 45 milhões em repasses da Secretaria Especial do Esporte, à época parte do Ministério da Cidadania. De acordo com a CGU, o dinheiro foi destinado à implantação e desenvolvimentos de núcleos do projeto “Passaporte para a Vitória” em cidades do Rio de Janeiro, Amapá, Pará e Acre.

O ILM foi criado em 2016 com o projeto de instalar escolinhas de futebol nos municípios, incluindo a contratação de profissionais e compra de material esportivo. Entre os mecanismos utilizados para o repasse de recursos, a CGU focou sua análise em quatro deles. Desta forma, o projeto foi implantado em 32 cidades fluminenses e 20 no Amapá, custando R$ 25,2 milhões.

Os auditores comparam os preços praticados nas compras feitas pelo ILM com orçamentos aprovados pelo Ministério das Cidades para serviços e materiais equivalentes. Ao todo, a CGU constatou superfaturamentos de R$ 778,9 mil em aquisição de materiais, locações e contratações de serviços e R$ 1,91 milhão em não comprovação dos quantitativos dos itens e das prestações de serviços.

Ídolo do Grêmio teve cortes em projeto

Por conta dos problemas, a CGU recomendou, ao Ministério do Esporte, uma série de situações para evitar que o Instituto Leo Moura Sports continuasse descumprindo os termos. Veja a seguir:

  • suspendesse pagamentos relativos aos projetos e cobrasse do Instituto Leo Moura Sports (ILM) R$ 2,7 milhões “em decorrência de superfaturamento”;
  • identificasse em todos os termos de fomento celebrados com o ILM os itens em que foi constatado o sobrepreço para obter ressarcimento;
  • abrisse processo administrativo para avaliar o descumprimento dos planos de trabalho.