Grêmio jogando no Beira-Rio? Clube usou estádio do Inter na Série B

- Publicidade -

- Publicidade -

Após a derrota para o Palmeiras, alguns torcedores gremistas invadiram o campo da Arena, quebraram a cabine do VAR e causaram muita confusão. O caso não deverá passar impune e o Grêmio poderá ser obrigado a jogar em outro estádio. O julgamento do STJD deverá acontecer dentro de 10 dias.

O órgão já emitiu uma liminar, impedindo que o clube receba torcedores em seu estádio até o julgamento. Além disso, foram impedidos de contar com torcida até mesmo atuando como visitante, o que já foi válido no jogo contra o Atlético Mineiro e será aplicado também no GreNal 434.

- Publicidade -

Pois bem, isso não é novidade com o coirmão. O tricolor gaúcho acabou punido na reta final do Brasileirão 2004, após uma confusão no GreNal que teve o gol 1000, marcado por Fernandão e vitória colorada no Olímpico, por 3 a 1. Então, jogaram as últimas quatro partidas daquele campeonato em outros estádios.

A pena continuou sendo executada em 2005, já na Série B. Na estreia da segundona, jogaram no Beira-Rio contra o Avaí e venceram por 4 a 3, e depois receberam o Ituano, perdendo por 2 a 0, no estádio alugado. Os dois jogos foram com portões fechados.

- Publicidade -

Inter não deverá emprestar o Beira-Rio para o Grêmio

O Internacional não deve repetir a ação realizada em 2005. Se o time for penalizado e tiver que jogar em outro local, deverá mandar seus jogos no Bento Freitas, do Brasil de Pelotas, ou no Colosso da Lagoa, do Ypiranga. Aliás, estes foram os estádios usados no fim do Brasileirão 2004.

A pena máxima pode ser de 10 jogos sem torcida para o Grêmio, sendo que ela poderá ser concluída apenas em 2022, seja na Série A ou na Série B.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022