Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Grêmio surpreende e está garantindo contratação de Pedro Henrique

O Grêmio segue trabalhando para anunciar a contratação de reforços nesta janela de transferências. Um dos principais alvos do clube é o zagueiro Pedro Henrique, de 28 anos, que pertence ao Athletico-PR. A equipe do Paraná recusou a primeira oferta da direção gaúcha, porém o Tricolor segue confiante para que haja um desfecho positivo na transação.

O Grêmio corre contra o tempo para fechar o acordo, já que a janela de transferências está próxima de se encerrar no futebol brasileiro. O período apto para realizar contratações internacionais termina nesta quinta-feira (7). Desta forma, esse é o prazo determinado para regularizar o defensor no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

No entanto, é importante ressaltar que os clubes brasileiros ainda terão mais um intervalo para realizar contratações. Afinal, no cenário doméstico, existe a possibilidade de fechar com novos jogadores entre os dias 1 e 19 de abril. A situação foi criada para que os destaques dos estaduais possam defender novos clubes na sequência da temporada.

Caso o Grêmio feche com Pedro Henrique somente em abril, não poderá utilizá-lo na Copa Libertadores. Isso porque os clubes precisam efetuar o registro de atletas até 29 de março. Diante disso, o Tricolor corre contra o tempo para fechar com o jogador. O Athletico, por sua vez, pretende estender o vínculo do zagueiro para vendê-lo no meio do ano.

Reforço do Grêmio? Pedro Henrique teve imbróglio

O zagueiro Pedro Henrique atuou em poucos jogos pelo Athletico na última temporada. Em julho de 2023, ele sofreu uma fratura no tornozelo direito e teve que ficar fora dos gramados até o final do ano. Além disso, a contusão acabou impedido que ele fosse impedido ao futebol europeu, já que estava sendo sondado por diversas equipes.

Na ocasião, inclusive, Pedro Henrique estava sendo negociado junto ao Braga, de Portugal, porém as tratativas não avançaram. Na atual temporada, o atleta disputou apenas três dos 12 jogos da equipe paranaense. Ele está no Athletico há quatro anos e tem o status de ídolo, já que foi campeão da Sul-Americana em 2021 e foi vice-campeão da Liberta em 2022.