Grêmio vive drama e completa 6 meses na zona do rebaixamento

O Grêmio empatou em 1 a 1 com o Corinthians e segue com grandes chances de cair para a Segunda Divisão. O Tricolor tem apenas mais uma partida para reverter a situação e ainda precisa torcer pelo tropeço dos adversários diretos.

Segundo o departamento de matemática da UFMG, o Grêmio tem 97,5% de queda para a Série B. O último confronto para definir 2022 será contra o Atlético-MG, nesta quinta-feira (9), às 21h30, pela 38° rodada do Brasileirão.

O Tricolor está na zona de rebaixamento desde a segunda rodada e completou seis meses no Z4 nesta segunda-feira (6). O descenso pode ser confirmado ainda hoje, já que Cuiabá e Juventude precisam pontuar para sacramentar a queda do Grêmio.

O Juventude visita o São Paulo às 19h, enquanto o Cuiabá joga dentro de casa contra o Fortaleza às 20h, então o Grêmio pode ser oficialmente rebaixado após o fim dos dois jogos. O Tricolor tem 40 pontos e só pode chegar aos 43, então as chances de escapar seriam anuladas com os dois times pontuando e ficando no mínimo com 44.

Grêmio enfrenta o Galo na última rodada

Apesar das poucas chances de permanecer na Série A, o Grêmio está focado na partida contra o Atlético-MG. A equipe vai contar com os desfalques de Kannemann e Geromel (suspensos), enquanto Thiago Santos é dúvida.

O Galo é o campeão brasileiro e a tendência é de que seja escalado com os reservas, já que o jogo de ida da final da Copa do Brasil acontece no domingo, contra o Athletico-PR, e a volta acontece na quarta-feira da semana que vem.

Caso seja rebaixado, o Grêmio vai se juntar à Chapecoense e Sport, que são os últimos colocados e já estão confirmados na próxima edição da Série B.

Comentários do Facebook

- Publicidade -