Como seria se Wanderson e Edilson jogassem o GreNal 436?

O Internacional enfrenta o Grêmio no próximo sábado (19), às 16h30, no Estádio Beira-Rio, pela ida das semifinais do Gauchão 2022. O GreNal 436 poderia ter um destino diferente caso as duas equipes pudessem contar com os novos reforços.

Tanto Inter quanto Grêmio contrataram um jogador recentemente, porém não poderão utilizar no Campeonato Gaúcho pois acabou o período de inscrições. Dessa forma, o lateral-direito Edilson e o atacante Wanderson são desfalques.

Caso o Colorado pudesse contar com Wanderson, o técnico Cacique Medina teria a peça que pede há semanas nos bastidores. O treinador gosta de jogar com pontas profundos e o atacante é o jogador ideal para exercer a função.

Sem a presença de Wanderson, o Internacional deve improvisar o meia-atacante Mauricio na função. O atleta é considerado um dos maiores destaques do clube no início da temporada, porém não tem tantas qualidades na posição quanto o novo reforço.

Pelo lado gremista, o lateral-direito Edilson é um velho conhecido da torcida e chega para disputar a titularidade em sua posição de origem. O atleta de 35 anos estava no Avaí e não joga mais em alto nível, porém é a peça que o Grêmio precisa para recuperar os ânimos.

O Tricolor não tem nenhum lateral-direito em alta e precisa de um jogador experiente para exercer a função. Além disso, o clube foi massacrado no último GreNal e precisa de um atleta que saiba lidar com a situação.

GreNal 436: equipes estão escaladas

O Internacional e o Grêmio tiveram a semana cheia para realizar treinamentos e estão com as equipes praticamente definidas para o final de semana. O time de Cacique Medina deve repetir um time semelhante ao que estava sendo utilizado nos últimos jogos.

A provável escalação do Inter: Daniel; Fabricio Bustos, Kaique Rocha, Victor Cuesta e Paulo Victor; Gabriel e Liziero; Edenilson, Taison e Maurício; David. Técnico: Alexander Medina.

O provável onze inicial do Grêmio: Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti e Bitello; Janderson (Campaz), Gabriel Silva (Lucas Silva) e Ferreira; Elias Manoel (Diego Souza). Técnico: Roger Machado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -