Guarany repete 2008 e faz feio na primeira divisão do Gauchão

O Guarany fez uma péssima campanha no Gauchão 2022, a exemplo do ano de 2008. A equipe de Bagé ganhou apenas um jogo dos dez disputados até aqui, possui o pior ataque e a defesa mais vazada da competição. Já rebaixado, o time entra em campo na última rodada só para cumprir tabela.

Em 10 rodadas, o Alvirrubro ganhou apenas do vice-lanterna, o União Frederiquense, por 1 a 0. Noutras duas partidas, empatou com o São Luiz, em 2 a 2, e com o Caxias, em 1 a 1. Todos esses jogos foram em casa. Nos confrontos restantes, perdeu todos.

A campanha deste ano só não foi pior que a de 2008, quando o time foi rebaixado com apenas três pontos ganhos. Naquela época, o estadual tinha um formato diferente, com dezesseis clubes divididos em duas chaves, na primeira fase. Oito se classificavam para o mata-mata, enquanto dois eram rebaixados.

Dos 15 jogos, o Alvirrubro venceu um e perdeu os outros quatorze. Teve, disparadamente, o pior ataque e a pior defesa do campeonato. Fez apenas 12 gols e sofreu um total de 41, terminando com um saldo de menos 29 gols.

Guarany não seguiu retrospecto dos recém promovidos

O rebaixamento foi decretado na última rodada, na derrota para o Juventude, por 2 a 0. Depois de conseguir o acesso à primeira divisão passados 14 anos, o clube retorna para a divisão de acesso. Um movimento que não tem sido muito comum ultimamente no estadual.

Nos últimos 10 anos, 20 times conseguiram o acesso à elite do futebol gaúcho. De todos esses clubes, apenas quatro não tiveram sucesso e foram rebaixados. Todos os outros conseguiram se manter na divisão principal.

Comentários do Facebook

- Publicidade -