Guerrero vai ficar no Inter? Atacante agrada e direção pensa em novo contrato

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional pretende renovar o contrato de Paolo Guerrero. O vínculo do centroavante acaba em dezembro de 2021. Para realizar a negociação, o Colorado quer abaixar os valores salariais do jogador para que as cifras não ultrapassem o teto salarial.

Guerrero tem o maior custo do elenco somando salário e luvas. O Inter passa por crise financeira e por esse motivo está abaixando a folha salarial. O atacante recebe uma quantia que supera o atual teto salarial do Colorado, então a renovação só será acertada em caso de redução nos valores.

- Publicidade -

No primeiro semestre da temporada, em março, Guerrero e seu empresário revelaram o desejo de rescindir com o Internacional. Depois de um desentendimento com a diretoria, as duas partes se acertaram e o centroavante continuou no clube.

Com o tempo, o atacante foi mostrando valor no Internacional. Quando o time estava em crise há alguns meses, Guerrero mostrou perfil de liderança e foi um dos jogadores que guiou o elenco para as vitórias contra o Flamengo e o Fluminense.

A crise financeira no Inter

- Publicidade -

O Colorado está passando por um momento de reestruturação. No ano passado, o cube terminou com o pior déficit da história. Medidas foram anunciadas para melhorar a situação em 2021 e a expectativa da diretoria é encerrar a temporada com superávit.

O Clube do Povo priorizou a contratação de atletas jovens com um salário baixo, além de que realizou demissões de funcionários e vendeu diversos jogadores durante o ano. Expectativa dos dirigentes é lucrar R$ 90 milhões com transferências até o fim da temporada.

O Inter já ganhou mais de R$ 70 milhões, com as negociações de atletas como Thiago Galhardo (Celta de Vigo), Praxedes (Bragantino) e Tobias (Shakhtar Donetsk).

Comentários do Facebook

- Publicidade -