Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Guerrinha quebrou o pau com Maurício Saraiva e arrebentou Wanderson

Na noite da última terça-feira (29), o Internacional superou o Bolívar e garantiu uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores. Um dos principais jogadores do time comandado pelo técnico Eduardo Coudet é o atacante Wanderson. O atleta de 28 anos é titular absoluto e teve responsabilidade direta na vitória por 2 a 0 sobre a equipe boliviana.

No entanto, apesar do bom momento vivenciado pelo atacante, o jornalista Guerrinha não está satisfeito com o desempenho apresentado pelo mesmo. Segundo o comunicador, Wanderson deveria entregar mais gols e não está conseguindo corresponder desta forma. A indignação foi compartilhada em discussão com Maurício Saraiva.

“Ele tem que fazer gol. Ele é atacante. Jogava lá fora como atacante. O Internacional pagou R$ 27 milhões por um atacante. Sabe quantos gols ele tem? Procura saber, tu (Saraiva) que sabe tudo, procura saber e amanhã tu me diz”, disse Guerrinha.

Em resposta, Maurício disse que ele não precisa corresponder com gols, já que está exercendo uma função diferente e passou a render frutos ao Internacional. “Não Guerra. Eu não sei tudo. Estou tentando dizer pra você que o Wanderson, que foi contratado como atacante, se está se afirmando em outra função e o Inter passa a responder, não tem mais valor se ele foi contratado por atacante ou não. O Inter responde com ele”, disparou o jornalista.

Veja o vídeo com a discussão entre Guerrinha e Saraiva:

Coudet mandou mensagem para a imprensa

Após a classificação na Copa Libertadores, o técnico Eduardo Coudet mandou um recado para a imprensa gaúcha. O comandante argentino afirmou que a mídia passa uma imagem negativa sobre o clube, quando, na verdade, o contrário deveria estar sendo exercido.

“O torcedor do Inter está cansado de comprar merda. O torcedor do Inter tem que comprar boas notícias. Eu não escuto nada e trabalho. Faço o que tenho que fazer. Os de fora não me importam. Hoje o torcedor vai para casa iludido. Vou tentar passar notícia positiva. Temos que mudar aqui”, salientou o treinador.