Heitor projeta duelo decisivo entre Inter x Olimpia: “O maior da minha carreira”

0

A ansiedade já tomou conta dos torcedores do Internacional para o duelo contra o Olimpia e, ao que vemos, já é transmitida para os jogadores. Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, o lateral-direito Heitor projetou o confronto de suma importância para as pretensões coloradas em 2021.

“Não só é o maior jogo da temporada até aqui, mas o maior da minha carreira”, afirmou Heitor. “Estava até comentando com meus amigos. Se parar para pensar, é um jogo de Libertadores. É difícil imaginar quando você sobe ao profissional que isso vai acontecerer. A oportunidade está aí e fico muito feliz de estar representando o Inter. Espero ficar ainda mais com a classificação”.

Internacional e Olimpia se enfrentam na próxima quinta-feira (22), às 21h30, pelo segundo jogo das oitavas de final da Libertadores da América. No confronto de ida, empate em 0 a 0. Diego Aguirre deve ir a campo com: Daniel, Heitor, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Taison, Patrick e Caio Vidal; Yuri Alberto.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Confira outros trechos da coletiva do lateral do Internacional

Como o time trabalhado a questão ofensiva, tendo em vista o gol qualificado na Libertadores

Heitor: “Estamos criando bastante oportunidades. Por falta de sorte ou por falta de capricho na finalização, estávamos deixando a desejar. Mas temos qualidade para fazer os gols, é questão de detalhe para a bola entrar. Não tomando gol, estamos mais perto da vitória. Temos que ter o cuidado defensivo e, claro, quando as oportunidades surgirem na frente, aproveitar para matar o jogo”.

Diego Aguirre x Miguel Ángel Ramírez

Heitor: “O Miguel pedia para a gente jogar posicionalmente mais por dentro. Já o Aguirre pede para nós atuarmos mais aberto. Até vejo o estilo dele um pouco parecido com o do Abel. A última linha conversa bastante durante o jogo. O treinador pede para eu segurar na defesa se o Moisés for ao ataque e vice-versa para a gente ter uma consistência e não expôr nosso time ao contra-ataque”.

Parceria com Thiago Galhardo

Heitor: “Não vou falar em detalhes, mas a gente tem combinado onde ele quer que eu cruze a bola. Quando tenho êxito no lançamento, tenho certeza que ele vai estar lá para fazer o gol. É um amigo meu desde quando ele chegou no Inter. Pela experiência dele, sempre me ajudou dentro e fora de campo. Espero que a gente continue se entendendo para que continue saindo os gols e assistências.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.