Iarley abre o jogo sobre o Mundial e papel decisivo de Fernandão

Ex-atacante do Internacional, Iarley participou do programa Manhã Grenal, da Rádio Grenal, neste domingo (24). O ex-jogador falou sobre a conquista do Mundial e destacou a importância de Fernandão para o elenco do Colorado.

“Eu fui abençoado de ter convivido com ele. Se não fosse o Fernandão a gente não teria ganhado nenhum título. Ele era um ser especial”, comentou Iarley.

O ex-atacante disse que criou um vínculo com Fernandão logo no início da passagem pelo clube. O ex-atleta tinha um perfil de liderança e, por conta disso, Iarley revelou que pediu para Abel Braga dar a faixa de capitão para ele.

“Quando eu cheguei no Internacional, ele foi um dos caras que já chegou em mim. A gente criou uma afinidade. Foi de cara. Eu via ele com uma liderança tão forte que eu disse para o Abel entregar a faixa de capitão para ele. Ele transmitia isso para gente. Era nosso porta-voz. Nada mais justo”, salientou o ex-jogador.

Iarley também falou sobre a conquista do Mundial de Clubes em cima do Barcelona. Conforme dito pelo ex-atacante, qualquer adversário seria derrotado pelo Colorado naquela situação, já que eles estavam preparados mentalmente e taticamente.

“O Internacional chegou para jogar no Barcelona sendo um time aqui do Brasil, mas sem tanta expressão. De repente o Barça chegou achando que ia ser moleza, mas não foi (…) Poderia ser o time que fosse ali, ia perder para a gente. A força mental, técnica e tática que tivemos foi espetaculares. Mental e taticamente a gente estava preparado”, afirmou Iarley.

Iarley lançou livro sobre o Mundial

Iarley falou sobre o lançamento do livro “Gigante Iarley: Diário de uma conquista”. O ex-atleta explicou que a obra se trata sobre os bastidores do Internacional durante a conquista do Mundial.

“É um diário sobre a nossa conquista no Mundial. Desde a nossa ida até o nosso retorno. Ali eu conto os bastidores. Tem muita história bacana. Eu iria lançar nos 10 anos do Mundial, mas veio o rebaixamento e acabei segurando”, explicou o ex-jogador.

Comentários do Facebook

- Publicidade -