Ídolo do Grêmio concorda com corneta do Inter: “Tem que zoar mesmo”

- Publicidade -

- Publicidade -

O ex-Grêmio Douglas concedeu entrevista ao podcast Podpah e, dentre os vários assuntos abordados, o ex-jogador falou sobre a situação do clube gaúcho, que está na zona de rebaixamento e com grandes chances de cair para a Série B.

Douglas aproveitou o momento para falar sobre as provocações realizadas por jogadores e torcedores do Internacional após a vitória no clássico.

“O Grêmio tá f***, mano, tá num momento horrível… Mas enquanto tiver esperanças, estamos aí. Depois pode zoar, de boa. Se cair, tem que zoar. É assim que funciona. E pode me zoar”, disse Douglas.

- Publicidade -

O ex-jogador citou as provocações que já foram realizadas no passado, quando o Grêmio estava há 15 anos sem ganhar um título e depois, quando o Colorado caiu para a Série B e deixou de ganhar títulos.

“Aconteceu isso antes, uns 15 anos que o Grêmio não ganhava nada e os caras só zoavam, depois o Grêmio teve a sua vez. Agora é a vez dos caras. Zoa, tem que zoar mesmo! O bagulho é assim. E o jogador tem que aguentar a parada”, afirmou Douglas.

- Publicidade -

O posicionamento de Douglas sobre o Inter e Grêmio

O ex-jogador falou do assunto pois Patrick foi comemorar a vitória no GreNal com um caixão azul (em menção ao rebaixamento do Grêmio), junto com a torcida do Internacional. Alguns jogadores adversários não gostaram das provocações e deram início à confusão no Beira-Rio.

Diversas personalidades se mostraram divididas sobre o assunto. Enquanto alguns não apoiaram as provocações e afirmaram que não é algo saudável, outros falaram que é normal e faz parte do futebol. Por isso Douglas expôs esse posicionamento em favor do Inter.

O ex-jogador jogou pelo Tricolor pela primeira vez entre 2010 e 2012 e na segunda vez entre 2015 e 2019, tendo feito parte da conquista da Copa do Brasil em 2016.

VÍDEO: Aguirre avalia postura da equipe ao vencer o Grêmio e defende: “Merecíamos a vitória”

Comentários do Facebook

- Publicidade -