Ídolo do Inter durou apenas dois jogos como treinador

Depois de comandar o Garibaldi por apenas duas partidas, Pedro Iarley deixou o comando do clube gaúcho e voltou a ficar sem clube para trabalhar. A informação surgiu na noite desta terça-feira, sendo confirmada pelo próprio ídolo alvirrubro, que oficializou a deixa do comando técnico do time da serra.

“Comunico que eu e minha comissão técnica não fazemos mais parte do Garibaldi. Agradeço a toda a comunidade de Garibaldi o apoio dado nestes dias que estive à frente do clube. Vamos em busca de novos projetos”, disse Iarley.

A integração no clube da terceira divisão gaúcha ocorreu há um mês. Com muita empolgação, Iarley havia iniciado sua trajetória como treinador. Contudo, o cearense alegou problemas pessoais para abandonar o cargo, como também, novos objetivos profissionais.

Iarley não é mais treinador do Garibaldi

A arrancada do clube com Iarley havia sido abaixo do esperado. Depois de perder para o Gramadense e para o Monsoon, o ídolo colorado parece ter desistido da função, por conta de más perspectivas para o decorrer do trabalho.

Junto ao elenco de 2006, Iarley se juntou a Bolívar e Clemer na função de treinador. Os três ídolos do Inter ainda não decolaram na carreira fora dos gramados e buscam a evolução. Além disso, Iarley também já desempenhou funções de base no Colorado e pode sonhar com o regresso para o cargo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -