Inter de Medina toma mais de um gol por partida

O Internacional de Alexander Medina tem números defensivos e ofensivos ruins. Quando o assunto é a defesa, no entanto, a questão fica mais evidente. A equipe treinada pelo uruguaio toma mais de um gol por partida, foram 15 gols sofridos em 13 jogos disputados neste início de temporada.

Dentre os resultados contrários mais notáveis estão quatro, as derrotas para Grêmio, Ypiranga, São José e Globo. Todas elas por dois ou mais gols de diferença. São estatísticas que corroboram as falhas individuais e coletivas apresentadas pelo sistema defensivo.

Todos os zagueiros apresentaram falhas neste início de temporada, reservas e titulares. Assim como os laterais esquerdos e direitos. Nem mesmo o goleiro Daniel escapa dessa lista. Assim sendo, tantos erros individuais acabam apontando para um defeito do conjunto, não solucionado pelo treinador. As falhas sucessivas das partes evidenciam o coletivo ruim.

As derrotas do Colorado por dois ou mais gols:

2×0 para o Globo – Copa do Brasil

3×2 contra o São José – 8ª rodada do Gauchão

3×1 diante do Ypiranga – 4ª rodada do Gauchão

3×0 para o Grêmio – 9ª rodada do Gauchão

Não apenas a defesa, o ataque também é um defeito do Inter de Medina

Na parte ofensiva, o time também deixou a desejar nas primeiras partidas do ano. Em apenas três jogos o Clube do Povo conseguiu balançar as redes duas vezes dentro dos 90 minutos. Ou seja, em nenhuma oportunidade a equipe conseguiu fazer três ou mais gols.

Desempenhos ofensivo e defensivo que dão ao time um aproveitamento de 48,71%. Foram 13 partidas no ano, cinco vitórias, quatro empates e quatro derrotas. O que resultou em uma quase desclassificação na primeira fase do estadual e na eliminação na primeira fase da Copa do Brasil.

Comentários do Facebook

- Publicidade -