Inter decepciona contra o Cuiabá e empata mais uma

O Internacional decepcionou mais uma vez o torcedor colorado. A partida foi na Arena Pantanal, no Mato Grosso, e os donos da casa saíram na frente. Valdivia marcou de falta em sua primeira partida contra o Inter. Daniel ainda tocou na bola, mas levou o frango. O time vermelho só tirou o zero do placar de pênalti. De Pena marcou depois da expulsão de João Lucas, que acertou um chute na cabeça de Mercado dentro da área.

Com o resultado, o Internacional estaciona no meio da tabela, com 9 pontos. Depois de mais um empate, o Colorado ocupa o décimo segundo lugar na tabela, no limite da classificação para a Sul-Americana. O Cuiabá tem 7 pontos e está em décimo quinto.

O Cuiabá começou o jogo pressionando o Internacional, mas sem muito sucesso. O time Colorado se mostrou mais bem organizado e objetivo. Mais uma vez o Inter começou esperando o adversário e recorrendo aos contra-ataques.

A primeira grande chance do Inter apareceu aos 28. Wanderson cruzou pela esquerda, Allan Patrick fez um corta luz para tentar confundir o goleiro e David arrematou no cantinho direito do goleiro. Walter caiu na bola e fez boa defesa.

Liziero cobrou escanteio mais para o fim do primeiro tempo e David teve nova chance, desta vez de cabeça. O centroavante testou firma, mas a bola subiu e se perdeu por cima do gol de Walter. Na sequência, Valdivia acertou lindo chute de fora da área e obrigou Daniel a fazer linda defesa de mão trocada.

O Internacional mostrou superioridade no primeiro tempo, mas mais uma vez teve dificuldades no setor ofensivo, principalmente na conclusão. David mostrou dificuldade na técnica de conclusão.

No segundo tempo Valdivia abriu o placar para os donos da casa aos 5 min de jogo. Daniel tinha condições de defesa, mas a bola veio por baixa da barreira e o arqueiro aceitou. A lei do ex foi cruel com o Internacional. Foi o terceiro gol de Valdivia no Cuiabá na temporada e a primeira vez que o atleta enfrentou o ex-clube.

Carlos De Pena entrou no lugar de Lizieiro e Alemão no lugar de David. Wanderson foi o melhor jogador do Inter em campo. Criou bastante, tem qualidade no cruzamento e no passe dentro da área. O Inter ainda pediu um pênalti aos 14′, mas o juiz nem foi chamado pelo VAR. A bola bateu com clareza na mão do adversário dentro da área.

Wanderson foi para o banco aos 25′ para a entrada de Pedro Henrique. Mano tentou deixar o time com mais qualidade na parte da frente. Wesley Moraes também foi para o jogo, no lugar de Allan Patrick. E Maurício substituiu Edenilson. Mano usou as cinco modificações até os 30′ do segundo tempo, na tentativa de correr atras do prejuízo.

João Lucas foi expulso depois de chutar o rosto de Mercado dentro da área. O juiz a princípio não marcou nada, mas o VAR chamou e o juiz marcou pênalti para o Internacional. De Pena chamou a responsabilidade e bateu bem a cobrança. O goleiro Walter ainda foi no canto certo, mas não chegou na bola. Gol do Inter, gol de De Pena de pênalti no canto esquerdo do goleiro.

Mesmo com um a menos e muito espaço no meio de campo, o Inter não conseguiu superar o Cuiabá. Moisés ainda fez lindo chute de fora da área nos acréscimos e Wesley Moraes teve chance dentro da área, mas acabou sendo atrapalhado por Alemão. Os cartões foram distribuídos por Ramon Abatti Abel. Só no Inter, Wanderson, Mercado, Moisés, Pedro Henrique, Carlos De Pena, Wesley Moraes e Keiller foram amarelados contra o Cuiabá.

Comentários do Facebook

- Publicidade -