Inter deve cancelar negociações conduzidas por Bracks e ir para novos alvos

O Internacional deve descontinuar as negociações que estavam sendo conduzidas por Paulo Bracks. Com a demissão do agora ex-diretor-executivo, o substituto, provavelmente, terá preferências por outras contratações. As prioridades da diretoria em busca de reforços, no entanto, seguem sendo as mesmas: um atacante, um ponta, e um zagueiro.

Dentre as conversas que estavam sendo conduzidas por Bracks, estavam as negociações de Marrony e Brian Rodríguez. Segundo as últimas informações, ambas já não dariam certo de qualquer forma. Do brasileiro, o Colorado desistiu por questões econômicas. Quanto ao uruguaio, não houve acordo financeiro com o Los Angeles FC, da MLS.

Agora, com outros dirigentes, os rumos das negociações no Beira-Rio devem ser outros. Entretanto, as prioridades seguem sendo as mesmas, contratar um atacante de velocidade, um ponta-direita e um zagueiro. Essas posições são consideradas carências no plantel disponível à Cacique Medina, por isso a busca por atletas no mercado.

Ao mesmo tempo que segue tentando contratar, a diretoria mantém uma certa cautela por medo de um calote russo. Devido a guerra entre Ucrânia e Rússia, e as sanções econômicas envolvidas no conflito, a direção tem receio quanto ao dinheiro a receber do Zenit, pela venda de Yuri Alberto.

Essas posições são consideradas prioridade no Inter

No setor ofensivo, é visível a necessidade de qualificação. Depois da saída de Yuri Alberto, não há no grupo de jogadores um atleta que atenda às características dele. Um atacante de velocidade e mobilidade.

Outra função que está carente e é crucial para o modelo de jogo de Alexander Medina, é um ponta pela direita. Neste início de temporada, meias estão sendo escalados na posição, mas a preferência é por um jogador de velocidade.

Por fim, um zagueiro é buscado. A fase do sistema defensivo do Colorado não é nada boa, individualmente as peças estão deixando a desejar. Além disso, o clube poderá perder Bruno Méndez no meio da temporada.

Comentários do Facebook

- Publicidade -