Inter e Corinthians agem nos bastidores e fecham acordo por Méndez

As diretorias de Inter e Corinthians fecharam um acordo enquanto não resolvem a situação de Bruno Méndez. Os clubes definiram que o zagueiro uruguaio não fará o sétimo jogo no Campeonato Brasileiro enquanto não tiver o seu futuro definido. Para permanecer com o atleta, o Colorado precisa comprá-lo do time paulista.

De acordo com o regulamento do Brasileirão, um jogador só pode trocar de clube dentro do campeonato se tiver entrado em campo pela primeira equipe por, no máximo, seis partidas. Assim, se o atleta jogar o sétimo jogo, ele não pode defender outro time na competição.

Dessa forma, o zagueiro não poderia atuar pelo time de Itaquera caso entrasse em campo com a camisa do Clube do Povo sete vezes no Brasileirão. Bruno tem os direitos econômicos ligados aos paulistas e tem contrato de empréstimo no Beira-Rio até o meio deste ano.

Inter vê aquisição do zagueiro como distante

Segundo as últimas informações, o Alvinegro paulista quer apenas uma compensação financeira pelo jogador. Portanto, não aceita uma composição com outros atletas envolvidos.

Em um primeiro momento, a diretoria colorada tentou envolver Victor Cuesta na negociação. Por conta do alto salário do defensor, a possibilidade foi rapidamente recusada e o zagueiro foi emprestado ao Botafogo.

Pelo jogador, o Corinthians pede 6 milhões de dólares (aproximadamente R$ 28 milhões na cotação atual). Valor esse que é visto como alto pelo Clube do Povo, que vê a negociação nesses moldes como improvável.

O zagueiro tem contrato no Beira-Rio até junho. Hoje, ele é titular da equipe, que ainda conta com Moledo, Mercado, Kayque Rocha e Vitão no plantel. Em caso de saída do atleta, a diretoria precisaria repor com outra contratação.

Comentários do Facebook

- Publicidade -