Inter bate o martelo sobre o futuro de D’Alessandro

Em decisão conjunta, Internacional e D’Alessandro não renovarão o vínculo que se encerra neste mês. O argentino encerará a carreira de jogador profissional conforme estava planejado. Quando retornou ao clube, em janeiro, o meia assinou contrato até abril para se despedir do torcedor durante o período.

Na volta ao Beira-Rio, foi especulado que o camisa 10 tivesse o vínculo prolongado até o fim da temporada. Entretanto, segundo informações, isso sequer foi cogitado por ambas as partes. Desde sempre o que D’Ale pretendia era pendurar as chuteiras na primeira metade do ano e depois tirar férias.

Dessa forma, restam apenas quatro partidas para ver o argentino com a camisa vermelha. Serão dois jogos pela Sul-Americana, contra Guaireña-PAR e Independiente Medellín-COL. Pelo Brasileirão, os adversários serão Fortaleza e Fluminense.

Os últimos desses jogos são contra Independiente e Fluminense, os dois fora de casa. Portanto, a despedida do ídolo no Beira-Rio deverá ser contra o Fortaleza, no próximo dia 16, pela segunda rodada do Brasileirão 2022.

D’Alessandro continuará no Inter?

Assim que o retorno do meia foi anunciado, também foi especulado o que ele faria depois de pendurar as chuteiras.

Foi noticiado que D’Ale assumiria um cargo na diretoria do clube. Ele jogaria até abril, e depois faria a transição para a carreira de dirigente. No entanto, isso não deverá acontecer, pois as pretensões dele são outras.

Ao que consta, o ídolo quer iniciar a carreira de técnico de futebol. Em 2016, ele começou o curso de treinador da Associação de Técnicos de Futebol Argentino (ATFA), quando atuava pelo River Plate. No ano seguinte concluiu o curso e recebeu o certificado que é válido para a Argentina e para a Europa.

Comentários do Facebook

- Publicidade -