Inter e Flamengo travaram vários duelos fora de campo em 2022

Adversários do final de semana, Internacional e Flamengo se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro neste sábado (11), no Beira Rio. Além dos grandes duelos e disputa de título entre os dois times nos últimos anos, outros conflitos dos clubes também foram frequentes nessa temporada, mas fora de campo.

Com caminhos cruzados no mercado da bola por diversas vezes durante a temporada, Internacional e Flamengo disputaram, pelo menos em rumores e especulações, em oito ocasiões, somente na temporada de 2022, incluindo técnicos e jogadores.

O recém demitido técnico do rubro-negro, Paulo Sousa, foi uma das disputas entre os times. Internacional até foi atrás do treinador antes do acerto com o carioca, sendo sua primeira opção, porém preferiu não “entrar em leilão” pelo comandante.

Ainda entre os técnicos, surgiu recentemente a notícia, de acordo com informações do jornalista da Band, Flávio Amendola, que Vojvoda, atual comandante do Fortaleza, teria sido sondado pelas diretorias de ambos os clubes.

Jogadores disputados por Inter e Flamengo

Entre os jogadores que foram tentados por ambas as diretorias, Marinho foi um dos destaques da última janela de transferências. Apesar de estar perto de acertar com o Internacional em determinado momento, a vontade do atacante de defender o rubro-negro prevaleceu.

Já entre os negócios que acabaram com a vantagem do Internacional está o lateral argentino Fabrício Bustos, alvo das duas equipes, mas acabou fechando com o Colorado. Outro desses é Alan Patrick, que já havia defendido os dois times, e, devido à conflitos entre Rússia e Ucrânia, voltou ao país para defender o Clube do Povo.

Wanderson também foi tentado pelo Flamengo antes de ser anunciado em Porto Alegre, mas manteve seu acerto com o Inter. Além disso, alguns jogadores foram especulados em ambos os times e acabaram não acertando com nenhum, como o argentino Ezequiel Barco, que fechou com o River Plate, e Brian Rodriguez, que não pode ser emprestado por regras da MLS.

Comentários do Facebook

- Publicidade -