Inter é o líder de pior campanha na fase de grupos da Libertadores

Colorado decide as oitavas, mas resultado dos grupos pode ser decisivo depois

0

A fase de grupos da Libertadores termina nesta quinta-feira (27), mas já é possível afirmar algo: O Inter é o líder com a pior campanha entre os oito primeiros colocados. Caso tivesse vencido o Always Ready, poderia terminar até com a quarta melhor campanha e teria garantido pelo menos a sexta.

O Colorado somou apenas 10 pontos, frutos de três vitórias, um empate e duas derrotas. Era uma chave teoricamente fácil, esperava-se do time de Miguel Ángel Ramírez uma das melhores pontuações entre todos os participantes do torneio. Não aconteceu.

As oitavas começam na semana do dia 14 de julho, são quase 50 dias para o treinador achar um jeito de jogar e melhorar o rendimento. Até lá, provavelmente Boschilia e Patrick estarão de volta, quem sabe Felipe Jonatan seja reforço… É tempo suficiente para melhorar muito.

Inter é o líder com a pior campanha da Libertadores: o que significa?

O Inter é o líder com a pior campanha da Libertadores e não tem mais o que fazer! Nas oitavas de final o segundo jogo será realizado no Beira-Rio, mas nas quartas de final e na semifinal, o Colorado terá que jogar a segunda partida fora, se for contra algum outro líder.

O Inter só decidir no Beira-Rio as fases seguintes se pegar algum time que terminou em segundo no seu grupo, o que é bem possível, já que o Pote 2 terá equipe como São Paulo, Boca Juniors e River Plate, além de outras forças.

Em 2010 o caminho colorado teve a decisão das oitavas acontecendo no Beira-Rio, as quartas e as semifinais aconteceram fora de casa. E a taça veio. Dessa vez a final é em jogo único, em campo neutro, por isso nem o Atlético-MG, líder geral do torneio, terá esse privilégio, de jogar a final em casa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.