Inter engata quarto empate em jogo com 4 gols

O Beira-Rio assistiu a mais um empate do Internacional. Desta vez a novidade foi que o time colorado conseguiu marcar mais de um gol. O Corinthians veio a Porto Alegre e conseguiu vazar o goleiro Daniel duas vezes. Já os gols do Inter foram marcados por Alan Patrick, que foi titular pela primeira vez desde o seu retorno, e Wanderson. Depois de um primeiro tempo avassalador, no segundo tempo o time vermelho teve desempenho abaixo do esperado.

Com a saída de Alan Patrick na etapa complementar, o Colorado perdeu muita qualidade de passe na fase ofensiva. Com o empate, o Internacional chega a 9 pontos e fica na oitava colocação do Brasileirão. Já o Corinthians segue líder com 13 pontos. Este é o quarto empate seguido do Inter.

O Internacional começou criando muitas chances claras de gol. David, Edenilson e Bustos tiveram grandes chances de concluir a gol. Só o atacante David teve quatro oportunidades, em uma delas chutou em cima do goleiro Cássio. Edenilson passou raspando na bola depois de cruzamento, mas não alcançou. 

Já Bustos chutou para fora cruzado assustando o goleiro Cássio. Mercado cabeceou a gol depois de cobrança de escanteio,  mas mais uma vez a bola foi pra fora. Aos 24’ depois Alan Patrick apareceu como segundo homem, quase embaixo das traves de Cássio, para empurrar a bola para o fundo da rede e abriu o placar para o Internacional. O cruzamento foi de De Pena. 

Já o Corinthians empatou a partida aos 29’ em lance suspeito. Foi em um bate e rebate dentro da área. Gil escorou para dentro da área, Daniel segurou o primeiro arremate, mas soltou a bola. O arqueiro colorado não reclamou do lance e o VAR confirmou o tento rival, mas a torcida discordou da decisão. 

Wanderson deixou o Internacional mais uma vez na frente do placar ainda no primeiro tempo de jogo. Edenilson conseguiu lateral, a bola foi cruzada por David dentro da área e Wanderson, camisa 11, estufou as redes no Beira-Rio.

Inter mal no segundo tempo contra o Corinthians

No segundo tempo Daniel voltou trabalhando duro. O goleiro fez defesas importantes e um impedimento finalmente foi marcado contra o Corinthians. Jô cabeceou, mas o bandeira levantou o braço. O VAR confirmou. 

O Corinthians pressionou e na segunda tentativa de Jô, chegou ao segundo gol aos 18’.  Jô recebeu sozinho dentro da área, depois do Inter falhar na linha de impedimento e recebeu sem marcação nenhuma. Renê dava condição para o camisa 77, que empatou. Na sequencia, Alan Patrick saiu para a entrada de Pedro Henrique. 

Depois disso o Inter passou a ter dificuldade para trocar passes na segunda metade do campo. Daniel seguiu fazendo grandes defesas. Edenilson chegou a falar com o árbitro da partida sobre um ato de racismo que teria ouvido de Rafael Ramos do Corinthians. O jogador de branco teria chamado Edenilson de “macaco”, mas o juiz não tomou nenhuma providência. Os jogadores do Corinthians foram solidários ao jogador colorado.

Depois da confusão, Maurício e Alemão, que tinham acabado de entrar em campo, protagonizaram um lance perigoso. Mauricio cruzou e Alemão errou o chute, deixou a bola passar. Foi uma grande oportunidade perdida pelo atacante.

Depois disso, o Inter teve pressa, o que atrapalhou a construção ofensiva do time. A partida terminou 2 a 2.

Comentários do Facebook

- Publicidade -