Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Inter está confirmando obra do “novo” Beira-Rio

O presidente Alessandro Barcellos teceu comentários sobre a possibilidade de reforma do ginásio de esportes Gigantinho. O estádio, que está integrado no complexo do Beira-Rio, pertence ao Internacional. De acordo com o mandatário, a expectativa é de que haja uma “mínima reforma” para a estrutura multifuncional.

“Em um primeiro momento, o desenho não será uma concessão. O Gigantinho continuará sendo do Internacional, com a possibilidade, por óbvio, de parcerias para que essa obra de mínima reforma coloque o Gigantinho muito melhor do que está hoje”, salientou o mandatário.

Além disso, Barcellos também abordou sobre a construção do novo Centro de Treinamentos do Inter, em Guaíba. O local terá um valor específico dentro do fundo de investimentos que será lançado pelo clube em 2024. O mandatário expressou esse desejo em entrevista ao podcast “Um Assado Para…”, do jornalista Duda Garbi, nesta segunda-feira (29). 

De acordo com o presidente, o projeto precisa de um valor entre R$ 80 e R$ 100 milhões para sair do papel – em obra que começaria ainda neste ano. A ideia inicial prevê quatro prédios e 14 campos de futebol, com o objetivo de erguer uma estrutura em padrão europeu.

“Não adianta dar start e depois ficar parado. Temos que ter um cronograma de obra completo. Está previsto que a gente possa captar isso. Evidente que terão outras formas de participação, que a gente possa construir, inclusive possibilitar que diferentes colorados com diferentes condições possam contribuir”, salientou o dirigente do Inter.

Inter aposta em fundo de investimentos

O fundo de investimentos pretende arrecadar até R$ 200 milhões e aumentar a capacidade de investimento do clube, principalmente no futebol. A ferramenta está registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda. Através da novidade, a gestão pretende reduzir a dívida bancária do Colorado. Barcellos pretende apresentar o projeto para potenciais investidores, como Elusmar Maggi.