Inter é adicionado sem querer em movimento de oposição a Liga Brasileira

Por um erro do Athletico-PR, o Internacional foi incluído de maneira equivocada em movimento contrário a Liga do Futebol Brasileiro, a Libra. Em carta publicada no site do clube, também foram citados Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Vasco e Grêmio. Após reclamações, os times foram retirados da publicação e a direção do Furacão admitiu o erro.

Após a diretoria gremista cobrar os dirigentes do Rubro-Negro paranaense, os nomes dos times foram retirados do documento. Nenhum deles aderiu ao movimento, muito menos haviam autorizado a citação. Segundo Mario Celso Petraglia, presidente do clube, foi um erro que rapidamente foi corrigido.

O time paranaense faz parte de um movimento que se opõe à criação da Liga. Ao todo, 23 clubes das Séries A e B defendem uma divisão mais igualitária de direitos de TV. No documento, as equipes querem que a receita seja dividida em 50%, sendo 25% por audiência e a outra metade por premiação.

Inter entrará na Liga Brasileira?

Até o momento, nove clubes compõem a Libra: Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos, Bragantino, Ponte Preta, Cruzeiro, Flamengo e Vasco. O projeto de criação de uma nova liga pretende organizar o futebol brasileiro.

O Clube do Povo, porém, ainda não tem uma posição definida, assim como outros times. Atlético-MG, Botafogo, Bahia e Grêmio, por exemplo, também não aderiram à Liga e nem ao movimento de oposição. Mas as equipes contestam alguns parâmetros da criação da Liga.

Confira a seguir um trecho da nota recente publicada pelo Internacional a respeito da criação da Liga do Futebol Brasileiro.

“A criação da Liga entre os 40 clubes será a oportunidade de se mudar efetivamente o futebol brasileiro e esse objetivo não pode se subordinar a interesses individuais de alguns, petrificados há décadas na superioridade de recursos. Sabemos que não seria justo buscar igualdade total de receitas, mas sim equanimidade e melhor distribuição.”

Comentários do Facebook

- Publicidade -