Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Inter humilhou o Grêmio e arrancou liderança tricolor

O Internacional tem uma memória ótima em que humilhou o Grêmio e acabou arrancando a liderança das mãos do maior rival da história. O Colorado e o Tricolor protagonizam um dos maiores clássicos do mundo, onde qualquer vacilo rende histórias aos adversários por décadas rindo de situações. Alguns, inclusive, são bem favoráveis ao Clube do Povo.

Como por exemplo no Campeonato Brasileiro de 2008, quando o Grêmio embalado mantinha a liderança da competição por 14 rodadas seguidas, mas então enfrentou o maior rival no Beira-Rio lotado e acabou caindo do cavalo. Na ocasião, 4 a 1 fora o baile para o torcedor de vermelho comemorar, e a perda da primeira colocação para os tricolores chorarem.

D’Alessandro, Alex, Índio e Nilmar marcaram os gols do time Colorado, enquanto Tcheco até tentou reagir para o tricolor em determinado momento, mas sem sucesso. O placar rende histórias e zoações entre os rivais, mas também foi responsável pela perde do título da competição para o Grêmio no final das contas.

Aquele Campeonato Brasileiro acabou bastante acirrado, com São Paulo e Grêmio disputando até o final. No entanto, os três pontos vencidos pelo Clube do Povo foram exatamente os mesmos da distância entre primeiro e segundo colocado, que deram o título para os paulistas.

Relembre detalhes desse jogo importante entre Inter e Grêmio

INTERNACIONAL
Clemer; Ângelo (Danny Morais), Índio, Bolívar e Gustavo Nery; Edinho, Magrão, Guiñazu e D’Alessandro (Taison); Alex e Nilmar (Adriano)
Técnico: Tite

GRÊMIO
Victor; Léo, Pereira (Jean) e Réver; Paulo Sérgio (Souza), Rafael Carioca, Orteman, Tcheco e Anderson Pico; Perea (William Magrão) e Marcel
Técnico: Celso Roth

Data: 28/9/2008 (domingo)
Local: Estádio Beira-Rio
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa/PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Milton Otaviano dos Santos (Fifa/RN)
Cartões amarelos: Orteman, Léo, Tcheco, William Magrão (Grêmio); Gustavo Nery (Inter)
Cartões vermelhos: Tcheco (Grêmio), Edinho (Inter)
Gols: D’Alessandro (aos 4min), Tcheco (aos 18min), Alex (aos 28min), Índio (aos 40min), Nilmar (aos 46min do primeiro tempo)