Inter: Lista dos desligados do clube e a versão oficial da direção

O Inter executou nesta segunda-feira, o desligamento de cinco profissionais do departamento de futebol. Entre os demitidos estão profissionais da comissão técnica, departamento médico e até do CAPA (Centro de Análise e Prospecção de Atletas). Em nota, poucas explicações foram dadas. Mas nos bastidores, os dirigentes explicaram o motivo das demissões.

“Existiu uma análise técnica em cima do trabalho dos profissionais. Eles não estavam agradando e se optou por trocar”, disse uma das fontes consultadas. E esta é a explicação mais clara que se tem do Inter sobre o assunto. A ideia de reformular e oxigenar alguns setores, já existia no Beira-Rio há um tempo. E agora foi executada, de acordo com o Inter por decisão dos profissionais William Thomas e Paulo Autuori, que hoje comandam o departamento de futebol.

A Daniel Pavan, por exemplo, poucas justificativas foram dadas. William Thomas, responsável pela demissão, teria dito que era “uma decisão institucional” o desligamento de Pavan. Além dele, outros quatro profissionais também foram demitidos.

Um novo profissional foi contratado para a coordenação da área de fisioterapia. Trata-se de Juan Pablo Fiorenza. Argentino, ele possui passagens por Rosário Central e Athlético Paranaense. O Inter também executou a promoção de Marcos Marczwski. Anteriormente, ele trabalhava como coordenador médico nas categorias de base e agora ascende para o quadro de médicos do grupo profissional, trabalhando ao lado do coordenador Luiz Crescente e

Lista de quem foi desligado

Daniel Pavan – Preparador de goleiros
Felipe Irala – Chefe de Fisiologia
Guilherme Bérgamo – Fisioterapeuta
Rodrigo Hoffmeister – Médico
Henrique Lisboa – Analista de mercado

Comentários do Facebook

- Publicidade -