Inter não consegue virar a gangorra da dupla GreNal

A gangorra do GreNal é um dos folclores do clássico que há tempos permanece em discussão. Para quem desconhece, o assunto é simples, quando um dos times da dupla está em um bom momento, automaticamente o rival ficaria em baixa.

Contudo, nas duas últimas temporadas não tem sido assim. O Grêmio vive uma tremenda crise desde o início do ano de 2021, quando foi eliminado na Pré-Libertadores e após isso, amargou um ano terrível em que acabou rebaixado para a Série B pela terceira vez em sua história.

Era de se imaginar que com o péssimo momento do Tricolor, o Inter proporcionaria a retomada da hegemonia nos clássicos e nos bons momentos. Entretanto, não é o que vem ocorrendo. O Tricolor foi campeão do Campeonato Gaúcho em 2021 e novamente se encaminha para eliminar o Colorado na competição em neste ano.

Inter não consegue retomar hegemonia nos clássicos

Mesmo amenizando a situação da recente freguesia nos clássicos, o Internacional novamente tropeçou perante ao Grêmio, com uma derrota vexatória no Beira-Rio, por 3 x 0.

O time de Alexander Medina, que já vem de um início terrível de temporada conseguiu vencer o arquirrival no clássico válido pela fase inicial do Campeonato Gaúcho. Dessa forma, se imaginava uma confirmação na sequência de vitórias sobre o Grêmio, porém não foi o quê ocorreu.

Recentemente, o Inter ficou 11 jogos sem vencer o Grêmio, o jejum foi quebrado no Campeonato Brasileiro de 2020. No entanto, o Clube do Povo não conseguiu uma sucessão de mais de duas vitórias sobre o maior rival, demonstrando a imensa dificuldade de virar a gangorra para o lado alvirrubro.

Com isso, o Colorado vai a Arena do Grêmio, onde não vence desde 2014, tentar uma vitória heroica sobre o Grêmio por no mínimo três gols de diferença. Algo muito difícil de ocorrer, porém finalmente poderia ser o início de uma retomada, pois será o último clássico disputado em 2022 entre as duas equipes.

Comentários do Facebook

- Publicidade -