Inter não trabalha e fica na espreita por Aránguiz

O Internacional está interessado na aquisição de Charles Aránguiz, porém nenhum esforço está sendo realizado para a concretização do negócio. O atleta segue vinculado ao Bayer Leverkusen, da Alemanha, onde tem contrato até junho de 2023.

O estafe do jogador, André Cury, foi questionado pela Revista Colorada sobre o avanço das negociações. “Ainda não tem nada. Está parado”, disse o representante nesta sexta-feira (20).

O Colorado segue de olho na situação do meio-campista, porém não está disposto a negociar por agora. O tempo de contrato no Bayer Leverkusen é um impasse e o chileno tenta conseguir a liberação neste término de temporada.

Outra dificuldade para a realização da negociação é o salário do jogador, que está entre R$ 1 milhão e R$ 1,2 milhão. O Colorado tem um teto salarial estipulado em R$ 650 mil, então teria que chegar em um acordo com o chileno.

Apesar do impasse, o jogador está interessado em retornar à América do Sul e o Internacional é enxergado como o destino mais provável. Aránguiz esteve na equipe em 2014 e 2015, quando foi um dos principais destaques do clube e saiu vendido ao Leverkusen por 13 milhões de euros.

Aránguiz pode reforçar o Inter?

O dirigente Emílio Papaléo Zin foi questionado sobre a situação do jogador em entrevista coletiva. O vice de futebol do Inter destacou que não existe nenhum acordo entre as partes, porém é do interesse da direção e é possível que ele venha.

“Essa história do Aránguiz apareceu na mídia pelo lado do jogador. É um excelente jogador, qualquer clube gostaria de contar com a sua integração. Não tratamos disso ainda e nem é o momento. É possível que isso possa acontecer, mas não há nada de concreto. Se for conveniente, com aprovação da comissão técnica e palatável aos cofres do clube, não podemos descartar”, comentou o dirigente.

Comentários do Facebook

- Publicidade -