Inter: Os três nomes que podem vir a substituir Medina

A direção do Inter se reuniu na manhã de domingo e definiu um plano de ação para a iminente eliminação no Campeonato Gaúcho, após perder por 3 a 0, o GreNal de ida da semifinal do torneio. Nesta reunião foi debatida a possibilidade de mudança na comissão técnica, o que deverá acontecer em caso de insucesso na Arena.

Com a grande possibilidade de eliminação, foram traçados também cenários e o perfil que a direção buscaria em caso de demissão do uruguaio. A ideia é trazer algum técnico que possa dar alguma resposta rápida e possa comandar uma reação em ambientes de crise. Três técnicos estão entre os ventilados.

Cuca

Considerado o melhor nome e o mais complicado de se trazer. Cuca é o atual campeão brasileiro e da Copa do Brasil pelo Atlético Mineiro. Deixou o clube de Belo Horizonte no início do ano, alegando problemas pessoais.

Já viveu outros ambientes de crise e deu resposta, como no Santos de 2020 que foi vice-campeão da Libertadores.

O grande empecilho, além da vida pessoal dele, que mora em Curitiba, seria um acordo amarrado com a direção do Galo. Neste suposto acordo, ele teria prometido não treinar outra equipe do futebol brasileiro nesta temporada. A cláusula estaria inclusive em contrato, com possibilidade de multa, de acordo com a imprensa mineira.

Odair Hellmann

O “Papito” é um dos nomes favoritos da torcida e desperta a admiração do ambiente colorado, principalmente pelo comando de vestiário. Se vê nele, um treinador que iria melhorar o clima do vestiário tão pesado nos últimos anos. A boa relação dele com lideranças do elenco também conta a favor.

Entretanto, o principal problema é a multa rescisória do treinador. Trabalhando no Al Wasl, dos Emirados Arabes Unidos. A multa para ele sair de lá gira em torno de 2 milhões de dólares. Valor alto.

Mano Menezes

Dos três nomes, o mais possível, entretanto o menos unânime. Mano Menezes teve como último trabalho, uma passagem curta pelo Al Nassr, do oriente médio. Antes disso passou por Bahia (2020) e Palmeiras (2019), sem muito brilho.

Desperta a admiração de algumas pessoas importantes no clube. E está no mercado, precisando de um simples contato para desembarcar no Beira-Rio.

Comentários do Facebook

- Publicidade -