Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Inter pagou mais de R$ 30 milhões e garantiu segunda maior contratação da história

O Inter pagou mais de R$ 30 milhões por um jogador e garantiu a segunda maior contratação de toda a sua história, empolgando demais os torcedores da equipe vermelha. O time gaúcho foi, de certa forma, bem agressivo durante esta janela de transferências, fechando com nomes de peso para compor o elenco de Eduardo Coudet durante a temporada de 2024.

Um dos setores que mais recebeu investimento, com certeza, foi o ataque, que recebeu várias peças novas. A de maior destaque ainda não chegou, mas já entrou para a história do Clube do Povo de vez. Trata-se de Rafael Borré, que foi comprado por uma bolada junto ao Eintracht Frankfurt, da Alemanha, mas ainda não está pronto para vir vestir vermelho neste começo de ano.

O jogador teve alguns impasses com o Werder Bremen, que tinha seu empréstimo até a metade do ano, fazendo com que sua vinda ao Rio Grande do Sul fosse atrasada. Mesmo assim, o centroavante colombiano já entrou para uma lista exclusiva dentro da história do Internacional, já que está entre as contratações mais caras da instituição, depois da bolada investida.

Ao todo devem ser R$ 33,26 milhões investidos na transferência do craque do futebol alemão, analisando os 6,2 milhões de euros convertidos. Esses valores colocam ele como a segunda maior contratação da história do time vermelho. Borré fica atrás apenas de Nico Lopez.

Inter fez a sua segunda maior contratação da história

Confira as maiores contratações do Inter:

  • Nico Lopez – R$ 35,8 milhões (11 milhões de euros)
  • Rafael Borré – R$ 33,26 milhões (6,2 milhões de euros)
  • Wanderson – R$ 24,8 milhões (4,5 milhões de euros)
  • Palacios – R$ 16,5 milhões (3 milhões de dólares)
  • Oscar – R$ 15 milhões
  • Scocco – R$ 14,3 milhões (6,5 milhões de dólares)
  • David – R$ 14,2 milhões
  • Cuesta – R$ 12,2 milhões (4 milhões de dólares)
  • Aránguiz – R$ 12 milhões (5 milhões de dólares)
  • D’Alessandro – R$ 11,1 milhões (7 milhões de dólares)