Mercado fica pistola após mais uma derrota do Inter fora de casa

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional enfrentou o Cuiabá na Arena Pantanal, nesta quarta-feira (17), às 19h, e foi derrotado por 1 a 0, com gol de Elton. O defensor Gabriel Mercado concedeu entrevista após o jogo e afirmou que o Colorado tem que jogar de forma mais agressiva nas partidas fora de casa.

“Acho que como time grande, precisamos ter responsabilidade e jogar o tempo todo no campo deles. É a forma de ganhar o jogo. Hoje deixamos passar mais uma oportunidade. São cinco finais e ainda estamos para atingir o objetivo”, afirmou Mercado, em entrevista ao SporTV.

- Publicidade -

O Internacional, que era um dos melhores visitantes no início da competição, decaiu de desempenho e não ganha fora de casa há seis jogos. A última vitória foi há mais de dois meses, por 1 a 0 contra o Sport, com gol de Patrick.

O Internacional permanece em sétimo na tabela do Brasileirão, com 47 pontos, e segue na briga por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores da América. Os resultados na rodada ajudaram e Palmeiras, Bragantino, Fortaleza, Corinthians e Fluminense também perderam.

- Publicidade -

O próximo adversário do Colorado é o Flamengo, neste sábado (20), às 21h30, no Estádio Beira-Rio, em partida válida pela 34° rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo seguinte como visitante será contra o Fluminense, na quarta-feira (24), às 21h30, no Estádio Maracanã.

Aguirre analisou a derrota do Inter

O técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva após a derrota para o Cuiabá e explicou o resultado negativo do Internacional.

“Não gostei do jogo, especialmente no primeiro tempo. Não fizemos um bom jogo. A ideia era outra. Temos de focar nos últimos jogos e conquistar o nosso objetivo. Não gostei do que apresentamos em campo. Fizemos um jogo ruim”, disse o treinador.

Assim como Mercado, Aguirre se mostrou preocupado com o desempenho do Colorado em jogos fora de casa e afirmou que o clube precisa somar pontos nas próximas partidas.

“Nós parecemos diferentes quando jogamos em casa e fora. A postura não é a mesma. A intensidade também não. Isso não deveria acontecer, mas está acontecendo. Agora temos um jogo contra o Flamengo (em casa) onde temos que ganhar. Depois, tem o Fluminense (fora), onde também temos de ganhar pontos. Sem ganhar pontos fora de casa vai ser difícil conseguir o objetivo. Estou preocupado. Estamos bem, mas fora o time parece outro”, salientou Aguirre.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022