Inter perde milhões com a redução do quadro social

Colorado vê queda de 1/5 em relação a 2019

0

Em setembro de 2019 o Internacional atingiu 126 mil sócios, um recorde para o clube. Acontece que desde então os números vem despencando e preocupam a direção. Os motivos são muitos, como a insatisfação com resultados dentro de campo, decisões dos dirigentes e ainda a crise econômica motivada pela pandemia.

Neste momento, segundo o Correio do Povo, o Colorado tem 96 mil sócios-torcedores, sendo que 19% estão inadimplentes. Entretanto, o Portal da Transparência do clube apresenta dados desatualizados, de julho de 2020, quando existiam 118,9 mil sócios até março, quando a queda reduziu a 102,4 mil torcedores.

Inter perde R$ 6 milhões com a queda no quadro de associados

O número é um complicador quando avaliado sob o ponto de vista financeiro. Durante a campanha, a diretoria planejava chegar a 200 mil associados. O planejamento é arrecadar mensalidades de pelo menos R$ 25 daqueles que não podem ir ao Beira-Rio com frequência, entregando conteúdos voltados a eles.

A expectativa é de que seja lançada uma nova categoria, seguindo estes moldes. Mas, ainda não há uma data confirmada para isso. Alessandro Barcellos comanda o time faz meio ano e viu os números diminuírem, o que é péssimo, visando que seu plano era atingir 200 mil em dezembro de 2022.

Podemos dizer que um a cada cinco colorados que pagavam suas mensalidades em 2019 deixou de fazer isso. Entretanto, esse movimento não é algo que aconteceu apenas com o Clube do Povo. Veja o que representa essa queda aos cofres do clube, nos quatro primeiros meses do ano:

  • Realizado 2019 – R$ 25,2 milhões
  • Realizado 2020 – R$ 22,4 milhões
  • Orçado 2021 – R$ 23,1 milhões
  • Realizado 2021 – R$ 19,5 milhões

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.