Inter pode ser beneficiado pela formação de um G7 ou G8 no Brasileirão

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional está, literalmente, no meio da tabela do Brasileirão 2021. A diferença é de 9 pontos para o Bragantino, que aparece em quarto lugar na competição e de 5 para o América-MG, primeiro time do Z4. Em relação ao Corinthians, o sexto colocado, a distância é de 4 pontos apenas.

Atualmente a Conmebol oferece sete vagas ao Brasil para a Libertadores, sendo que os quatro primeiros colocados do Brasileirão vão direto, assim como o campeão da Copa do Brasil. O quinto e o sexto, em tese, precisam disputar a pré-Libertadores. Mas, isso não tem acontecido nos últimos anos.

- Publicidade -

Tem sido cada vez mais comum a formação de G7 e até mesmo de G8 no Brasileirão. Se você não sabe, o país pode ter até nove vagas na Libertadores 2022, desde que os campeões das edições 2021 da Liberta e da Sul-Americana sejam do país.

E caso eles terminem nas primeiras posições, abrem vagas para os times que vem logo atrás. Assim como o campeão da Copa do Brasil pode acabar abrindo uma vaga para equipes que aparecem mais abaixo na tabela.

Como o Inter pode ser beneficiado pela formação de G7 ou G8?

- Publicidade -

Dos seis membros do atual G6, cinco deles estão em torneios de mata-mata. Caso vençam, abrem mais uma vaga (podem ser até três vagas a mais). Então, o Inter precisaria fazer sua parte e terminar entre os sete, oito ou nove primeiros. Veja a situação das equipes:

Atlético-MG: está nas quartas da Copa do Brasil e venceu o Fluminense fora de casa. Está na semifinal da Libertadores;

Palmeiras: está nas semifinais da Libertadores;

Fortaleza: disputa as quartas da Copa do Brasil e empatou fora por 2×2 com o São Paulo;

Bragantino: está nas semifinais da Copa Sul-Americana;

Flamengo: fez 4×0 na Arena do Grêmio pela Copa do Brasil. É semifinalista da Libertadores.

Comentários do Facebook

- Publicidade -