Inter pode ter jogo de despedida para Sobis e D’Alessandro

- Publicidade -

- Publicidade -

O atacante Rafael Sobis anunciou a aposentadoria nesta semana, após a vitória do Cruzeiro em cima do Brusque, mas afirmou que toparia um jogo de despedida pelo Internacional. D’Alessandro concedeu entrevista e revelou que tem a mesma vontade do jogador.

Ídolo do Colorado, Sobis falou no programa Bola nas Costas, da Atlântida, e foi questionado sobre um possível retorno ao Internacional.

“Não tem como negar (uma despedida no Inter). O meu negócio com o Inter é interessante porque no meio desse caminho eu joguei contra o Inter né, eu fiz gol com o Fluminense, com o próprio Cruzeiro. Claro que machuca muita gente, tem muito conflito porque defendo outras cores. A partir do momento que tu para, as pessoas começam a te ver com outros olhos. Porque não vou mais me machucar, não vou mais dar uma entrevista assim ou assado. Foi minha vida né, não tem como eu negar. O destino quis que eu viesse jogar contra com um time mexicano”, afirmou Sobis.

- Publicidade -

D’Alessandro demonstrou um ponto de vista semelhante ao de Sobis e declarou o desejo de retornar ao Internacional em entrevista para a ESPN da Argentina. O jogador está em fim de contrato no Nacional, do Uruguai, e não deve renovar o vinculo.

“A ideia é essa (retornar ao Internacional). Não depende apenas de mim, mas a ideia é voltar ao clube, jogar seis meses mais e me aposentar”, disse o argentino.

- Publicidade -

“Foram 12 anos no Inter, de 2008 a 2020, com aquela saída que tive para o River Plate. Foram muitos anos, muitas coisas que passei. Às vezes, é bom se separar e sair para ter a real a consciência de tudo que foi alcançado no Brasil. Tenho certeza de que um dia vou voltar ao Inter. Se não for como jogador, será de outra forma”, comentou.

Confira a matéria completa sobre a declaração de D’Alessandro:

D’Alessandro vai retornar ao Inter?

Boatos sobre um possível retorno de D’Alessandro já foram veiculados pela imprensa e a ideia era de que o jogador retornasse ao Internacional para conseguir se despedir no Campeonato Gaúcho, em frente ao torcedor.

A possibilidade de o argentino assumir um cargo no clube após o fim da passagem como jogador também foi levantada. A ideia é de que D’Ale tenha uma função em que esteja dentro do vestiário, em contato direto com os atletas.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022