Inter pode sofrer sanções da Fifa por dívida de Cuesta

- Publicidade -

- Publicidade -

O Inter pode ser punido pela Fifa caso o Independiente acione a entidade por dívida de Victor Cuesta. O Colorado precisa pagar o valor de 1 milhão de dólares ao clube argentino, referente a transferência do zagueiro em 2017. Buscando resolver essa questão, a diretoria planeja fazer o pagamento da dívida de forma parcelada.

Segundo informou o site ‘Revista Colorada’, a ideia do clube argentino é acionar a entidade máxima do futebol, uma vez que o Clube do Povo não os procurou para resolver a pendência. 

Procurado pelo site, o secretário geral do Independiente, Hector Maldonado disse o seguinte: “Não procurou. Vamos à FIFA”.

- Publicidade -

Enquanto isso, o zagueiro está encaminhando a sua renovação para permanecer no Beira-Rio. De acordo com o que revelou o executivo de futebol, Paulo Bracks, à Rádio Grenal, o defensor assinará um contrato válido até o fim de 2023.

Dívida por Cuesta atrapalha o Inter

O valor de 1 milhão de dólares não pago pelo Colorado ao time argentino atrapalha uma outra negociação desejada pela diretoria. Sugerido pelo novo treinador, Alexander Medina, o lateral-direito Fabricio Bustos pertence ao Independiente. A equipe argentina já declarou que só aceita começar a conversar sobre uma possível transferência se houver o pagamento da dívida.

- Publicidade -

Bustos tem 25 anos e vínculo até o meio de 2022, o que o deixa livre para assinar um pré-contrato com outro clube em janeiro. O Inter, no entanto, pretende ter o jogador já no início do ano e não na metade da temporada.

Segundo as últimas informações, o Clube do Povo pretende pagar de forma parcelada essa dívida. Sem as travas para negociar com Bustos, o Internacional se encontra em negociação avançada para ter o atleta na próxima temporada.

Comentários do Facebook

- Publicidade -