Inter repete vexame de 2016 e termina humilhado pelo Botafogo no Beira-Rio

Na noite deste domingo, o Inter recebeu o Botafogo, em jogo válido pela décima terceira rodada do Brasileirão. Depois de uma partida cercada de polêmicas, o Alvinegro venceu o Colorado pelo placar de 3 a 2. Com a derrota, a invencibilidade de Mano Menezes chegou ao fim, além da equipe ter se distanciado dos líderes.

O enredo foi semelhante ao confronto do ano do rebaixamento, em que o clube carioca também despachou o Colorado pelo mesmo placar. Na ocasião, o Inter também possuía uma grande invencibilidade. Depois da derrota, o time de Argel Fucks iniciou um calvário rumo ao rebaixamento.

Quanto ao jogo deste domingo, as polêmicas ocorreram desde o apito inicial. A primeira ocasião surgiu através de Alan Patrick, que após tentar concluir para o gol parou no zagueiro Philipe Sampaio. Contudo, o árbitro de vídeo acabou chamando para revisão. Sávio Pereira interpretou pênalti e expulsou o jogador.

Botafogo vence o Inter no Beira-Rio

Após o gol, o Inter seguiu se impondo e não demorou para ampliar. Bustos recebeu passe de Alan Patrick e estufou as redes de Gatito Fernandez. Quando o enredo se encaminhava para um massacre, o clube carioca resolveu partir em busca do empate e descontou no primeiro tempo.

O gol motivou os botafoguenses, que voltaram para a segunda etapa sedentos pelo empate. Novamente através de um cruzamento, Erison foi o mais astuto e aproveitou o vacilo da defesa colorada. Com o empate, o jogo esfriou por alguns minutos.

Quando o resultado parecia encaminhado para o empate, Gabriel Mercado fez o torcedor do Inter ir do céu ao inferno. O zagueiro cabeceou contra o gol de Gatito e venceu o arqueiro paraguaio. Contudo, novamente o árbitro de vídeo entrou em ação e anulou o gol do argentino.

Ainda sobrou tempo para os cariocas virar a partida. Depois de aproveitou rebote dado pela zaga colorada, Hugo carimbou a vitória alvinegra. Após o gol, uma confusão generalizada se iniciou e a partida se encerrou somente aos 60 minutos.

Com a derrota, o Inter igualou o enredo do fatídico ano do rebaixamento. Resta saber qual será a atitude do elenco de Mano Menezes, que terá o próximo compromisso, na sexta-feira.

- Publicidade -