Inter se livrou de uma bomba? Sondado pelo Colorado vai mal em 2022

Sondado pelo Internacional no início da temporada, o atacante Ezequiel Barco não está fazendo um bom ano pelo River Plate, da Argentina. O atleta de 23 anos soma 10 partidas, um gol e uma assistência desde que chegou ao clube.

O ponta assinou com o River Plate por empréstimo até o final de 2023. Barco veio com a expectativa de ser um dos maiores destaques em números da equipe, porém ainda não conseguiu se adaptar o suficiente no futebol argentino.

Na temporada passada, o atacante fez um bom ano pelo Atlanta United, com 29 jogos, oito gols e sete assistências, e despertou o interesse de vários clubes da América do Sul. O Internacional foi um dos times que mais tentou a contratação do atleta, porém não teve sucesso no acordo.

Na época, Barco teve preferência pelo River Plate por se tratar de um clube estabilizado e que joga no seu país. Além disso, a presença do técnico Marcelo Gallardo foi crucial para o fechamento do acordo entre as partes.

“Marcelo empodera muitos jogadores. Isso foi o que mais me motivou a vir. Procuro ser protagonista em uma equipe importante e poder ganhar coisas, que é o que mais me motiva”, salientou o atacante.

Inter não teve sucesso com Barco e trouxe outros atacantes

O Internacional não teve sucesso na contratação de Ezequiel Barco, mas acabou trazendo outros atacantes para jogar pelos lados do campo. Além de David, que chegou no início do ano, o Colorado contratou atletas ao longo da temporada para suprir as necessidades do técnico Cacique Medina.

O primeiro jogador que reforçou o Clube do Povo foi o atacante Wanderson, do Krasnodar. O atleta ficou disponível no mercado por conta dos conflitos no leste europeu e acabou acertando com o Internacional.

Recentemente, o Colorado fechou a contratação do ponta Carlos de Pena, do Dínamo de Kiev. O jogador estava no futebol ucraniano e veio ao Clube do Povo por conta de situação semelhante em relação à Wanderson.

Comentários do Facebook

- Publicidade -