Inter sofre sem velocistas e Marcos Guilherme se destaca no Santos

Atacante faz sucesso na Vila Belmiro e gera indignação dos colorados

0

Quatro gols em 12 jogos é uma média ótima para atacantes de lado de campo no futebol brasileiro. Marcos Guilherme tem estes números no Santos, onde está emprestado pelo Internacional. Aliás, enquanto isso o Colorado sofre sem jogadores de velocidade e tem em Caio Vidal a única peça com essa característica.

Marquinhos marcou contra Cianorte pela Copa do Brasil e Grêmio, Atlético-MG e Athletico-PR pelo Brasileirão, ajudando seu time a somar pontos na tabela. Com mais um ele igualará os cinco que fez nas 61 partidas que defendeu o Clube do Povo, entre 2020 e 2021.

De fato, o jogador foi emprestado porque rendia muito pouco em Porto Alegre. No ano passado até começou bem a sua trajetória por aqui, mas o rendimento foi ficando cada vez pior, embora tivesse muitas chances com Eduardo Coudet.

Marcos Guilherme é velocista, mas não rendeu no Inter

O Internacional está no mercado em busca de um atleta que atue pelos lados do ataque. O objetivo é suprir essa carência e dar munição ao time de Diego Aguirre, que flerta com a zona de rebaixamento. A janela para transferências internacionais será reaberta em 1º de agosto.

Os colorados veem Marcos Guilherme em boa fase pelo Santos e se perguntam por que ele não rendeu o Beira-Rio. Os gremistas fazem piadas com a situação. Não foi só ele, William Pottker, artilheiro da Série A pela Ponte Preta, foi contratado em 2017 e também nunca jogou bem, sua função era parecia com a de Marquinhos.

Enquanto isso, Caio Vidal segue como a única opção de velocidade e dribles. Carlos Palacios foi testado nas pontas e não rendeu. Patrick é jogador de imposição física. Enfim, a direção deve ir ao mercado nos próximos dias.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.